8 de maio de 2012

Capitulo 5-Traição e Decepção


 
Quando acordei estava no sofá sozinho embrulhado com um cobertor fino, levantei sem saber o que
 estava acontecendo e quando percebi já estava na cozinha, (acho que estava um pouco tonto) e 
derrepente vi Kevin e Dani sentados na mesa lanchando.
_Que foi Joe?_ Kevin perguntou.
_Que foi o quê?_ eu estava completamente tonto, fora de si.
_Por que você ta aí parada olhando pra nós? Se você quiser lanchar é só vim.
_Na verdade, eu só não sei por que eu dormi lá no sofá._ eu acho que estava com cara de bêbado.
_Você não se lembra?_ Ele pareceu um pouco assustado _cara você ta mal mesmo. Derrepente Nick 
apareceu atrás de mim_ Você contou o que ouvi com você e a Demi e depois pediu pra te deixar 
sozinho, por que precisava pensar aí eu acho que você acabou dormindo._ disse Nick com uma cara 
bem engraçada, que quando olhei pra ele levei um susto.
_E eu levantei a noite pra beber água e te encontrei todo encolhido lá no sofá então peguei um 
cobertor e te embrulhei_ Dani disse.
 
 Eu estava com a cabeça zonza, eu não estava me sentindo muito bem e não estava entendendo 
muito bem o que eles estavam falando, então a primeira coisa que pensei era sair dali. 
 
_Vou escovar os dentes,_ foi à primeira coisa que veio a minha cabeça. 
 
 Subi as escadas e fui para meu quarto e entrei no banheiro escorando minhas mãos na pia uma 
de cada lado e me olhei no espelho, será que eu tinha chorado ontem por que eu estava com os
 olhos avermelhados, ou será que eu tinha bebido por que eu estava com aparência de um bêbado.
 Então escovei os dentes rapidamente e desci pra lanchar, apesar de não estar com fome, e quando
 cheguei á cozinha só tinha Nick lanchando, acho que Kevin e Dani já tinham saído, eles iam à casa 
dos meus pais ver eles e meu irmão mais novo Frank.
 
_O que devo fazer?_ falei me sentando á mesa, _Pedir desculpas e falar que vou sumir da vida dela, 
ou falar que devemos ser apenas amigos?_ peguei um pão e passei manteiga, sem nenhum pingo de
 fome.
_ Você gosta dela, ou só quer ficar com ela e depois largá-la, como você faz com todas?_ Nick 
perguntou, confesso que eu fiquei um pouco indeciso o.O
_Não sei, na verdade eu dei só um selinho nela, mas agora eu quero beijá-la, e sempre quando eu 
beijava outras, nunca senti vontade de beijá-las novamente,_ falei completamente sincero.
_ Por que você não tenta dar um selinho em uma qualquer aí, talvez foi isso, você só deu um selinho 
nela não um beijo, mas se você não sentir nada quer dizer que você gosta mesmo dessa Demi._ Ate 
que esse conselho não foi tão mal como costumava ser (tinha beijo no meio).
_Boa ideia, lembra que o Zack falou que hoje tem uma festa?_ falei super animado.
_Que dia que ele falou isso?_Nick sempre desligado das coisas do dia-a-dia.
_Ontem bocó, hoje tem uma festa na casa de um amigo dele chamado Justin._ falei me lembrando.
_Que bom, não sei por que, mas hoje me deu uma vontade de sair!_ Nick tinha razão, quando
 acordei não estava com muita vontade, mas agora me deu uma vontade de me divertir.
_Vai falar com a Demi hoje?_ Falou trocando de assunto.
_Deveria, mas como sou covarde não,_ Não consegui segurar a verdade.
_Que bom que assumiu!_ Zombou.
_Aproveita que é só hoje,_ Ficamos um tempo em silencio, a casa só tinha nós dois, era a treva,
 ficava parada sem animação, a Dani e o Kevin eram bem mais animados._ Hoje, eu não fico em 
 
casa mesmo, ainda mais só com você, tchau vou sair.
_ Pra onde?_ perguntou
_Sei lá!
_Mas você não comeu nada?_ Acho que ele não queria ficar sozinho.
_E daí! Tchau._ Quando fui sair me lembrei e não pude deixar de perguntar._ Ontem eu chorei ou 
bebi algo com álcool?
_Não mesmo! Pelo menos não na minha frente!_ fiquei mais relaxado, eu iria morrer de vergonha 
se chorasse na frente do Nick e eu não sou de beber por mulheres.
_Então Bye bye._ saí as pressas, pra qualquer lugar, esfriar um pouco minha cabeça, e ver se 
esquecia do ocorrido de ontem.
 
Demi narrando
 
 Eu não conseguia esquecer o que houve ontem, mas como dizem: “o tempo passa e você deve 
seguir o seu rumo”, mas por que não mandamos no nosso coração? Seria tudo mais fácil, “mas 
dizem que a vida não faz sentido sem as coisas difíceis”, (odeio essa frase o.O), Derrepente ouvi 
minha barriga dar uns gemidos, então fui à cozinha e peguei um pote de sorvete de Laka (Aamoooo). 
_Filha! Vai comer essa hora?_ minha mãe falou tirando o pote de sorvete da minha mão,_ sabe 
quantas horas são? 11:00 hs.
_E daí!_ falei pegando o pote.
_E daí que eu já estou começando o almoço?_ falou pegando o pote de sorvete novamente.
_Mãe a senhora demora quase uma hora para fazer o almoço, a senhora sabe disso!_ falei pegando-o 
de volta, e por minha sorte ouvimos a campainha tocar.
_Eu vou abrir,_ falou em um tom irônico.
 
 Fui aproveitar o meu tempo pra saborear um pouco o sorvete, então sentei na mesa da copa e 
fiquei perdida em pensamentos do ocorrido de ontem, derrepente alguém me assustou e eu dei um 
gritinho meio desajeitado, quando me virei pra bater na pessoa que me assustou, era Selena.
 
_Oi Sel!_ Falei abraçando-a, enquanto ela morria de rir.
_Oi amiga como vai?_ falou na cara de pau,_ se assustando muito?
_Engraçadinha!_ falei ironicamente.
_Vim aqui fazer um convite!_ eu fiquei um pouco mais animada, pelo menos uma coisa a mais pra
 me distrair um pouco.
_Pode falar!_ falei super animada.
_Meu namorado, o David, falou que o Justin vai dar uma festa lá na casa dele, e aí você quer ir?_ 
Selena perguntou.
_Claro, mas como que os pais dele deixaram?_ perguntei sem acreditar.
_Na verdade, os pais dele viajaram por três dias, por isso ele vai fazer uma festa!_ Selena explicou.
_Ta, mas é hoje?_perguntei_ quantas horas?
_É hoje, e não tem hora, só sei que é hoje à noite._ Selena falou._É pra você ir! Eu quero todas as 
minhas amigas lá!
_Já chamou a Miley?_ perguntei.
_Já! Fiquei sabendo que ela voltou de viagem ontem, e corre pra casa dela._ falou se lembrando.
_Ela não mudou nada lá na casa do avô dela né, continua como sempre, “super assanhada”._ 
comentei rindo.
_Acho que não tem como mudar ela, o pai dela pode fazer o que quiser, pode mandar pro exercito,
 mas ela não vai mudar,_ falou zoando,_ mas eu gosto dela do jeito que ela é.
_Eu também é claro.
_E aí, vim aqui pra passar à tarde inteira com você, pra aproveitar o tempo que eu te deixei pra ficar 
com meu namorado._ falou zoando novamente.
_Serio!?_ fiquei espantada e ao mesmo tempo feliz, ela nunca largava o namorado._ Eu tenho um
 filme perfeito pra assistir!
_Perfeito._falou super feliz.
_Só vou pegar uma pipoca ali rapidão ta!_ sai correndo pra cozinha peguei um pacote de pipoca e
 coloquei no microondas, depois da pipoca pronta, coloquei o filme e nós duas passamos a tarde
 inteira nos divertindo, depois do filme fomos pro computador ver vídeos engraçados, depois fomos 
pintar as unhas e falar das meninas cafonas da faculdade e depois ela teve que ir embora pra se 
arrumar e ir para festa. Depois de tudo isso o pior estava por vim, escolher uma roupa. Então corri
 pro meu quarto e fui escolher algo que caísse bem em mim, e derrepente escutei a porta do meu
 quarto se abrir.
_O que está fazendo?_ era a voz suave e simpática de minha mãe.
_Mãe, hoje tem uma festa na casa de um colega meu, mas eu não tenho roupa pra ir._ falei olhando 
a expressão dela, fiquei com medo de ela achar ruim, mas não a expressão dela continuava serena e 
linda como sempre.
_Você tem roupa sim, eu fiquei um ano comprando roupa e você nunca usou com medo de parecer 
gorda,_ ela olhou pro meu guarda-roupa_ já sei qual vai ser o vestido que vai usar,_ ela pegou um
 vestido preto, balonê curto, e apertado na parte de cima, o vestido era lindo, eu nem me lembrava 
mais dele, mas não sei se ia cair bem em mim._ Pode ir banhar que eu arrumo tudo aqui._ ela falou 
com voz de autoridade.
_Claro, mas se não ficar bem em mim eu não vou usar,_peguei o roupão e entrei no banheiro, com 
o tempo percebi que não tinha mais nenhum barulho em meu quarto, será que ela também tinha 
achado a pasta? Fechei o chuveiro rapidamente, peguei meu roupão e saí do banheiro, quando olhei
 não tinha ninguém, mas a roupa estava em cima da cama com a sandália, estavam até os brincos, 
pulseira e uma bolsa de mão, então resolvi vestir pra ver como iriam ficar, quando me olhei no espelho
 fiquei sem acreditar, tinha ficado bonito mesmo em mim, não pude deixar de dar aquele sorriso longo
 e estonteante que eu tinha.
 
Depois de vestida desci as escadas estava tudo escuro, como se não tivesse ninguém.
_Mãe_ falei em um tom alto,_Mãe?_ falei um pouquinho mais alto._ Cadê essa mulher?_ me
 perguntei confusa, será que ela tinha saído? Mas, pra onde?Bem, mas tinha que seguir meu caminho,
 então peguei a chave do meu carro e fui a garagem pega-lo, e não vi o carro de minha mãe, ela deve 
ter saído pra se divertir um pouco, eu posso, por que ela não? Então entrei no carro e fui à casa de
 Justin um velho amigo, não demorou muito pra chegar e quando cheguei estava Miley, Selena e David
 na rua, até parecia que estavam me esperando.
 
Joe Narrando
 
 A festa estava muito legal, o lugar era espaçoso, tinha umas músicas bem altas e legais, e o melhor
 estava cheio de gatinhas.
_E aí Joe, está gostando?_ Zack perguntou me vendo olhar as garotas.
_Demais!_ falei com cara de bobo.
_Olha o tanto de gatinha, você pode começar a escolher uma, pra dar apenas um selinho,_ Nick 
cochichou em meu ouvido.
_Tudo bem_ falei respirando fundo, então fui em uma garota bem bonita_ será que podemos 
conversar?_perguntei.
_Onde quiser!_então a levei a onde os carros estavam estacionados, lá seria um lugar mais silencioso
 e aconchegante para dar apenas “um selinho” nela, então parti pra ação rapidamente, só trisquei os
 meus lábios nos dela e quando ela foi retribuir me afastei.
_O que foi?Aconteceu alguma coisa? Fui eu? Pode falar._ Ela pareceu meio desesperada.
_Não, agora pode me dar licença?_ saí sem mais nem menos. Quando cheguei aos garotos eles 
estavam bem curiosos.
_ E aí como foi?_ Zack perguntou.
_O que houve?_ Nick perguntou, eu cheguei perto do ouvido dele.
_Nada, não senti nada._ Falei com raiva, agora eu comprovei que gostava de Demi.
 
Demi Narrando
 
Eu não sabia pra onde ir, só queria ficar sozinha, Joe estava falando serio quando disse para sermos 
“apenas amigos”, foi ontem que eu contei tudo, e hoje ele já estava beijando uma piranha qualquer 
aí, tentei olhar para as estrelas, mas o céu estava nublado, eu me senti tão mal, eu gostava tanto dele,
 que do nada eu comecei a desabar em choro, eu estava até soluçando, então agachei em um canto 
(acho que a minha maquiagem estava toda borrada), eu nem sabia onde eu estava.
_Demi, é você?_ ouvi uma voz espantada, eu conhecia aquela voz._ Demi o que houve?_ ele agachou 
na minha frente e quando olhei não consegui acreditar, como ele estava de volta?
************************************************************************
CONTINUA...

Um comentário:

  1. cap perfeito...amei
    Quem é que falo com a demi?
    posta logo!!!

    ResponderExcluir