20 de agosto de 2012

Capitulo 15 – Casais (Errados) Capitulo 16 – Ano Novo Capitulo 17 – O que quer de mim? Capitulo 18 – Tudo uma bagunça

Capitulo 15 – Casais (Errados)

 Acordei com uns gritos vindo lá de baixo, quando percebi, estava sozinha no quarto, me levantei num pulo, vesti um short, uma regata e um colete transparente, bem grande que passava do meu short, então fui ao banheiro e escovei os dentes,depois comecei a descer as escadas, todos me olharam.

_Isso é hora de acordar bela adormecida?_My perguntou.
_Não dormi bem à noite._ falei.
_Então vem lanchar que todos nós já lanchamos._ My falou, então percebi que eu era a única que estava dormindo.

 Então terminei de descer as escadas e fui lanchar. Comi até dizer chega, até por que aquela mesa estava farta, depois todos inventaram de ir tomar um banho mo mar, e eu não iria dispensar essa.

 Eu e as meninas subimos as escadas pegamos toalhas, roupões, óculos, tudo que precisaríamos, sei que é um pouco de exagero. Depois descemos e ficamos todos na praia, uns banhando, tomando sol, outros jogando, outros debaixo de árvores, estava tudo ótimo.

Sel


Demi


Miley


Joe e Nick


Zack


Justin


Taylor

Kevin e Dani


 Eu já estava cansada de tanto banhar, então fui me sentar ao lado de Sel, ela estava pensativa e nem percebeu quando me sentei ao lado dela em sua toalha, só percebeu quando a abracei, ela estava quentinha, já eu toda molhada.

_Ah não Demi!_ Falou querendo sair do meu abraço.
_Me deixa ficar aqui um pouco com você._ falei a abraçando mais.
_ Ai, agora que eu percebi que já estou queimada, o sol ta muito quente._ Falou se sentando,_ vou dar um pequeno mergulho e depois volto.
_ Eu também vou me levantar, antes que eu fique queimada que nem você._ falei me levantando e andando tentando encontrar uma sombra boa e solitária.

Joe narrando

 Eu estava andando até encontrar Taylor sozinha entre as árvores, estava deitada sobre uma toalha grande e lendo um livro.

_O que faz aqui só?_ Perguntei me aproximando.
Ela levantou o livro _ lendo, não vê?
_ O que lê?_ perguntei me sentando ao lado dela e ela também se sentou.
_ Por que quer saber? Você não lê._ Olhei atrás do livro.
_Mas posso tentar. Hum, diário de uma paixão, já assisti o filme.
_ o filme não é a mesma coisa do livro.
_Mas conta a mesma história.
_Ah Joe, não tem como conversar com você.
_Eu sei_ brinquei, e depois ficamos em silencio.
_Não tem como te agradecer, isso aqui é perfeito pra mim, adoro esse tipo de lugar._ Falou me olhando.
_Você todos os dias me agradece, e já ta ótimo de agradecimento._ falei.
_Joe, você não entende, eu estava ficando com depressão naquele lugar, meus pais não me deixavam um dia de paz, só ficavam brigando, e aí você apareceu com a passagem pro Brasil, era o que eu mais precisava._ segurei seu rosto entre minhas mãos e ri quando vi seus olhos cheios de lágrimas.
_ Você ta querendo chorar_ falei.
_Não, é que entrou alguma coisa no meu olho_ falou abaixando a cabeça.
_Uhum_ falei desconfiado.
_É serio_ falou coçando o olho.
_ Deixe-me ver_ peguei seu rosto novamente, assoprei um pouco seu olho, ela apenas ficava me olhando._ não tem nada aqui._ falei enfim rindo.
_ Ah Joe, sai daqui,_ falou me empurrando._ me deixa ler meu livro em paz.
_Tudo bem, to saindo, só que você sabe que não deve ficar muito tempo sozinha.
_Joe, não estou com depressão ta, só quero ler meu livro ok._ falou se deitando novamente.
_ Ok senhorita Taylor Swift_ me levantei e comecei a sair.

Demi narrando

 É, só eu mesma pra ver o Joe com outra quase se beijando, sendo que eu estou namorando e ficar com ciúmes, eu sabia muito bem que isso iria acontecer, não sei nem por que aceitei vir pra cá.

 Entrei dentro da casa frustrada comigo mesma, que ridículo, ele nem havia beijado a loira, e eu estava namorando, e o Joe também, E O JOE TAMBÉM.

_Mas que droga._ falei comigo mesma, me sentando no sofá.

De repente olhei pra chave do carro do Zack, estava louca pra pegar aquela chave e ir embora o mais rápido possível, não queria ver Joe com outras e me senti culpada por está com ciúmes de outro cara e não do meu namorado. Então a vontade falou mais alto, peguei a chave quando percebi só estava de biquíni, mas não tinha tempo pra trocar de roupa, agorinha eles estariam entrando pra almoçar, então encontrei uma camisa cavada e vesti, não resolveu nada por que era completamente cheia de furos aquelas de praia, mas não me importei, apenas peguei a chave firme, e fui até os fundos da casa, onde estavam os carros, quando consegui abrir a porta do carro, ouvi uma voz atrás de mim conhecida.

_ Demi? O que está fazendo?
_ Não me segure Joe, estou fazendo isso por mim._falei ainda sem olhar pra ele.
_O que pensa que está fazendo?_ segurou meu braço,então olhei pra ele antes de ir pela ultima vez.
_ Não vê? Indo embora.
_ Mas por quê?_ Apenas entrei no carro fechei a porta e o liguei o mais depressa possível._ DEMI... DEMI VOLTA AQUI._ segui até a estrada de areia e respirei fundo por ele não ter tentando me segurar.

 Quando estava uns quatro minutos na estrada vi um jipe atrás de mim e não demorou muito pra ver que era Joe, respirei fundo e acelerando.

_MAS QUE DROGA JOE._ gritei dentro do carro batendo no volante.

Miley narrando

 Senti umas mãos me balançar, abri os olhos demoradamente e vi Kevin.

_Caramba, você dormiu mesmo hein, faz um tempão que eu estou te chamando.

 Eu estava deitada em cima da minha toalha debaixo de uma árvore e ainda de biquíni, não sei que sono era aquele por que eu tinha dormido tão bem na noite passada.

_Já estão todos almoçando._ Kevin falou._ Vamos logo.

 Levantei-me, vesti um short e fui até a cozinha, estava cheia, mas estava faltando umas pessoas, Demi e Joe, Selena e Nick, minhas amigas havia me abandonado e foi passear com os irmãos Jonas como casalzinho. O QUE? COMO CASALZINHO?

_ Cadê a Demi?_ Zack apareceu.
_Cadê a Demi, Selena, Joe e Nick._ falei.
_Joe conhece cada pedaço desse lugar, deve ter ido mostrar pras garotas e Nick o acompanhou._ Kevin supôs.
_Tenho certeza que é isso mesmo._ Dani falou.
_ Não acredito que a Demi fez isso comigo de novo._ Zack falou soltando um suspiro e se sentando.

 Todos nós comemos, eu praticamente comi tudo que estava na mesa, mas não queria engordar e tinha muita gente pra comer também. Eles conversavam animadamente, soltavam muitas gargalhadas, mas eu nem consegui prestar atenção no que eles estavam falando, até dei uns pequenos sorrisos demonstrando que estava prestando atenção, mas depois de um tempo saí dali, estava ficando louca, (COMO ASSSIM, ELES ME DEIXARAM SOZINHA E SAÍRAM PRA DAR UMA VOLTA? SEM MIM?) Voltei no local onde cochilei, peguei um chapéu, uma rasteira que deixei lá jogada e então comecei a andar, iria encontrar eles e dar a maior bronca. Depois de anda um tempo no sol quente já estava ficando cansada, que diabos eles se meteram? Por sorte comecei a escutar uns risos fui correndo nas pontas dos pés para assustá-los, as risadas vinha de trás de uma rocha grande, pensei em rodar a rocha e encontrá-los, mas percebi a voz de Sel e... Nick.

_O que?_ falei pra mim mesma, então em vez de dar a volta tentei subir em cima dela pra dar uma olhada, estava queimando,_ Ai, ai droga._ falei sentindo minha pele preciosa queimar.

 Quando, enfim, consegui chegar ao topo encontrei Sel e Nick sentados na areia encostados na rocha onde dava sombra.

_ Que bom saber que você está melhor Sel_ Nick falou, os dois estavam se olhando.
_ O tempo ameniza a dor, não é o dizem?_ falou soltando uma risada super sem graça.

 Nick se aproximou de Sel, com certeza ele queria a beijar, quando pensei em atrapalhar ou pigarrear, sei lá, fazer algo Sel abaixou a cabeça, percebi Nick ficar sem graça, (VAI, VAI, VAI).

_ Não to preparada pra me envolver com outro_ Falou_ E também você é ex da My, sabe.

 Do nada a água do mar bateu na rocha me assustando e me molhando, eu dei um pequeno gritinho, mas fiz um escândalo quando escorreguei e caí dentro da água.

_ Miley?_ Vi Nick e Sel assustados me olhando._ O que estava fazendo ali em cima?_ Nick perguntou.
_ Eu queria tomar um pouco de Sol em cima de uma rocha._ falei saindo da água super molhada.
_ Só se for pra se queimar._ Nick falou desconfiado.
_ Tem certeza de que estava ali tentando tomar sol?_ Sel falou.
_ Ah, não me enchem._ falei voltando pra casa.
_ Onde pensa que vai?_ Nick falou.
_ Pra casa_ falei num tom óbvio.
_ É pro outro lado._ falou também num tom óbvio.

 Parei e me virei com cara de emburrada olhei pra Sel e ela me deu olhar meio que pedindo desculpas, mas eu não a culpo, afinal, nós somos grandes amigas e vi que não foi ela quem quis beijar ele, foi o próprio galinha que o fez.

Demi narrando

 Joe toda hora buzinava pra chamar minha atenção, mas eu continuei, acelerando o máximo que pude, o Jipe era mais rápido, mas a rua era pequena para caber dois carros, lado a lado. Então a estrada de areia acabou e entramos no asfalto, ali perto vi uma cidadezinha bem pequena, tinha um posto de gasolina, quando cheguei a frente ao posto me assustei com um carro entrando na minha frente e parando de lado, ele me olhou pela janela, ia tentar dar a volta pelo carro, mas ele acelerou o carro indo um pouco pra frente e quase batendo nossos carros, fiquei com medo de bater o carro de Zack, então à primeira coisa que passou pela minha cabeça foi descer e ir a pé, Joe estava me tirando do sério, Joe também desceu do Jipe e segurou meu braço.

_ ME SOLTA._ Gritei puxando meu braço.
_ Por que está assim?_ Ele perguntou_ Por que quer ir embora?
_Não te devo satisfações._ falei ainda olhando pra ele e com os braços cruzados.
_ Você é estranha
_ O problema é meu._ falei me sentindo um pouco ofendida.
_ Você uma hora é legal, rir, é uma grande amiga e depois fica aí, brigando, gritando, querendo ir embora, o que vai ter mais pela frente?
_Cale a boca e vai lá ficar com a sua namoradinha, é o que você faz de melhor pode ter certeza.
_Namoradinha?_ Perguntou se fazendo de confuso.
_É, a Taylor._ falei.
_ O que? Eu e Taylor não temos nada, somos apenas primos._ falou.
_ O que? Mais... _O olhei desconfiada._ Você é um mentiroso, isso sim._ falei me virando, mas Joe segurou-me novamente, me virei e dei um tapa na cara dele involuntariamente, mas era uma coisa que eu estava precisando há um bom tempo. Ouvi umas pessoas rirem e quando nos viramos tinha uma multidão de pessoas nos olhando, mais homens, claro pela minha roupa. Joe me olhou novamente vagando seus olhos pelo meu corpo e olhou pros homens novamente e senti meu rosto queimar, com certeza estava vermelha, mas o pior foi quando Joe tirou a bermuda e estendeu pra mim ficando apenas com a sunga e uma camisa cavada._O que está fazendo?_ perguntei, e a mulherada tudo começaram a aparecer.
_Vista._ falou.
_ Não... Vesti você.
_Vista-se, ou eu vou ficar como você.
_O que? Eu não quero,_ falei já meio histérica.
_Tudo bem, quem quer?_ falou e um monte de meninas gritou bando de piriguete. Eu apenas puxei da mão dele quando ele foi dar para uma garota ensibida. (cidade pequena né) Vesti rapidamente.
_ Pronto ta bom pra você?
_ Ótimo._ falou com meio sorriso, o sangue me ferveu.
_Sai daqui, vai embora e me deixa em paz, vai ficar com a Taylor.
_Eu não tenho nada com a Taylor, mas esse não é o caso,_ falou já um pouco nervoso._ Foi o Zack? Você brigou com ele e por isso quer ir embora?
_ Muito pelo contrário, estamos ótimos, não foi ele.
_ Entendi..._ ele semicerrou os olhos._ Fui eu, eu fiz alguma coisa, eu e a Taylor, suponho.
_ Érr.. Mais ou menos._ falei, não era mentira mesmo.
_Demi me desculpa pelo que for que eu fiz, mas vamos pra casa, hoje é véspera de ano novo, não pode nos deixar logo agora._ Ele tinha uma cara tão fofa, que ódio, não conseguia me segurar quando estava perto dele, por isso ele não devia ter vindo atrás de mim._ Também não vou te deixar ir sozinha, se você quiser ir eu vou com você.
_ Não... Tudo bem vamos voltar então._ falei me sentindo um pouco mais aliviada por saber que Joe e a... Loira não tem nada a ver a não ser serem primos.

 Entrei no carro de Zack e dei meia volta, vi Joe ainda esperar um pouco, talvez com medo de que eu voltasse e fosse embora, depois que entrei na estrada de areia o vi atrás de mim, assim eu não poderia fugir.
************************************************************************

CONTINUA...

Capitulo 16 – Ano Novo

  Saí do carro em silencio, e comecei a andar para frente da casa, ouvi Joe correr e chegar ao meu lado, todos estavam tomando banho no mar, ou tomando sol, o sol na verdade já estava se pondo, mas estava um dia quente.

_Demi! Onde você estava?_ My chegou eufórica do meu lado e segurando meu braço firme.
_Eu..._ Olhei pra todos que estavam me olhando com curiosidade,_ Eu... Eer... Eu estava dando um passeio com o..._ Joe apareceu do meu lado e eu apenas dei um sorriso forçado.
_Demi?_ Zack apareceu atrás de mim saindo da casa.
_Oi amor,_ o abracei e lhe dei um beijo na bochecha, ele continuou do mesmo jeito.
_Enfim você chegou._ falou olhando pra Joe e depois olhou pra mim, eu apenas dei um sorriso sem jeito, sabia que estava ficando mais com Joe do que com ele, ele tinha razão de estar com raiva.
_ Você me deixou sozinha, por que não me chamou pra passear com vocês?_ My cochichou em meu ouvido. Mexi minha boca em “Desculpa”.
_ Bom galerinha, vamos todos nos arrumar porque hoje é véspera de ano novo, todos indo tomar seu banho._ Kevin falou tentando quebrar o clima chato, eu odiava o jeito que Joe e o Zack se tratava, eles eram grandes amigos e agora, graças a mim, a estraga prazeres, eles estão brigados.
_Tudo bem, eu vou banhar primeiro aqui no banheiro de baixo_ Dani falou.
_Eu vou no banheiro de cima._ Taylor falou
_ Vou no outro banheiro de cima._ Justin falou
_ E aí._ Selena apareceu com Nick do seu lado.
_Vá tomar banho._ Kevin ordenou.
_Mas... Por quê?_ Ela perguntou.
_ Hoje é véspera de ano novo, quero ver todo mundo pronto antes de anoitecer.
_Isso é impossível._ falei mostrando já algumas estrelas nascendo
_Então é melhor vocês correrem e só tem mais um banheiro disponível
_ Eu vou então._ Sel falou por fim.

 Depois de um tempo, (um longo tempo) estávamos prontos, todos de branco, uma coisa linda, estávamos todos dentro da casa pegando algumas coisas para colocar lá fora, colocamos uma mesa enorme perto do mar, os meninos estenderam lâmpadas de uma árvore a outra e agora estávamos pegando champanhes, comidas e etc. É, eu não deveria ter nem pensado em ir embora, não acredito que iria perder isso, Joe tem a vida dele e eu tenho a minha, somos completamente diferentes, eu tenho namorado e ele...Bem, ele tem as “peguetes” dele, eu irei esquecê-lo... (O único problema é que eu falo isso, mas depois estou sofrendo por causa dele de novo)

 Fomos todos pra fora, a noite estava fria, mas ainda sim maravilhosa, todos nós conversávamos animadamente, eu estava abraçada a Zack, eu também queria passar mais tempo com ele, depois fomos comer um pouco e beber, o tempo não passava, então fomos tocar um pouco de violão e cantar músicas de cantor conhecidos.

_Tá chegando o ano novo galera_ Dani gritou saindo de dentro da casa._ Prepara o foguete Kevin.

 Kevin pegou o foguete e se preparou e ele não foi o único, os meninos também pegaram outros vários foguetes, nós fizemos a contagem regressiva e então os foguetes foram tirados seguidos de vários gritos, vimos também outros foguetes, estavam longe, mas ainda lindos.

_ No natal foi os meninos..._ Dani começou a falar_ Agora é a nossa vez de pular na água
_ Uhuu! É isso mesmo_ My disse dando tapinhas de felicidade.
_Então vamos garotas?_ Dani perguntou
_Acho que a água ta muito fria_ Taylor falou.
_ Achei que quem iria dizer isso seria a Demi_ Sel falou, eu o olhei feio, estava falando que a loira era parecida comigo?
_ Pois eu quero pular na água agora._ falei, mas no fundo não queria colocar nem o dedo mindinho, mas como sou orgulhosa demais.
_ Então vamos!_Dani nos apressou. Do nada My tirou a blusa e uns meninos começaram a assoviar e gritar, nós a olhamos.
_Que é? To de branco mesmo, ia aparecer de qualquer jeito_ se defendeu.

 Dani estava de vestido branco, mas não pareceu se incomodar, então também não me importei, estava de blusa e calça branca, mas então nós todas corremos na direção do mar e pulamos, estava congelando, o primeiro contato nem deu pra respirar, foi choque na hora, então apenas fiquei parada ouvindo as meninas e os meninos gritarem, Sel já parecia bem animada como de costume, então me virei em direção aos meninos dura e eles riam da minha cara mais que das outras, então veio uma onda na minha direção e bateu com toda sua força em minhas costas me fazendo cair de joelhos e me levar mais pro fundo, ouvi muitas risadas então apenas me levantei e sai da água tremendo, vi Taylor fazer o mesmo, a roupa dela estava grudada, mostrava um pouco, mas não muito, ela estava com um vestido bege, e quando me olhei estava completamente transparente, mas não importei, estávamos em uma praia.

_ Que foi meninas cansaram?_ Justin Zoou quando nós todas saímos.
_Não da pra banhar, ta muito frio_ Dani falou tremando, Kevin apenas chegou e abraçou-a.
_Que fofo_ Nick falou zoando. Então Zack apareceu com uma toalha e me envolveu me abraçando em seguida. Sel e Taylor também pegaram uma toalha e My ficou parada olhando os meninos, talvez esperando que algum deles também lhe entregasse a toalha, mas depois ela se cansou e pegou uma toalha ela mesma.

_ Gente, acho que vou entrar pra tomar um banho quente_ Taylor falou, e então entrou.
_ Aí..._ Kevin falou indo se sentar na mesa ainda abraçado a Dani_ quem quer jogar verdade ou consequência?
_Fala serio_ My falou se aproximando.
_Não somos mais adolescentes Kevin_ falei
_Não é o que parece._ falou_ então vamos jogar apenas consequência.
_Pirou total!_ Dani falou.
_Eu achei legal_ Justin falou pensando.
_ TUDO BEM, vamos galera, animem_ falou batendo palmas.
_Tudo bem, vamos Demi?_ Zack falou.
_ Ah! Diferente, acho que vai ser legal então_ falei e olhei pro Joe que estava me olhando em silencio, então dei um pequeno sorriso.
_ Que foi?_ falou_ Achei muito paia.
_ Ah Joe... Vamos!_ Pedi.
_ Ta bom._ falou e eu dei um sorriso largo que o fez sorrir também.
_Tudo bem... Então juntem todos aqui na mesa_ Kevin falou pegando uma garrafa vazia de guaraná e colocou em cima da mesa, _mas tem que fazer, não pode ser medroso.
_Tudo bem_ falamos juntos_ roda logo essa garrafa.

 Então ele girou e por minha sorte Zack tinha ido pro outro lado da mesa pegar suas chinelas jogadas e saiu ele e eu, ele falava a consequência pra mim.

_Hum... Deixe-me ver_ falou pensando_ quero que esta noite vá dormir comigo.
_ NÃO, não vale_ Kevin falou, ou melhor, gritou._ já falei que quem dormi junto aqui é só quem é casados e vocês não são.
_Ah, tudo bem_ Falou com a cara fechada_ então quero que volte pro mar.
_Ah não Zack_ fiz cara de menininha indefesa._ Por favor, não.
_Tem que ir, não pode falhar_ Kevin continuou mandando, deu vontade de jogar aquela garrafa na cabeça dele.

 Então, tirei a toalha e sai correndo novamente, sentindo a água ainda mais gelada, soltei um “Ah” na hora, meio que um grito, tava tão gelado, então voltei o mais rápido que pude e peguei minha toalha novamente, me abraçando nela.

_ Tadinha_ Zack falou vindo me abraçar.
_Seu chato_ minha voz quase não saiu então o abracei querendo me esquentar.
_ Tudo bem, vamos continuar_ Kevin falou. Saiu Justin e Selena, ele deu um sorrisinho pra ela, acho que ninguém entendeu bem o que era.
_ Sel, quero que vá lá dentro e traga a cueca mais fofinha que tiver do Joe_ Justin falou.
_Tudo bem!_ Sel sorriu cúmplice. Então Joe se assustou percebendo o que ele tinha falado.
_Como é que é?_ falou_ ta de brincadeira._ todos nós começamos a rir.

 Não demorou muito pra Sel voltar, ela estava em mãos uma samba canção rosa de patinho e na outra uma... Bem... Calcinha fio dental vermelha... Todos nós começamos a rir.

_ Isso daí não é meu,_ Joe se defendeu, mas ainda rindo também_ Vocês aprontaram comigo né?
_ Eu não sei de nada, só achei nas suas coisas_ Sel falou, Justin e Kevin não paravam de rir.
_Vocês vão me pagar sacanas,_ Joe falou rindo também.
_ da pra gente continuar?_ Dani falou.
_ Vamos, mas é por que ta muito engraçado_ Kevin falou._ depois eu quero ver você vestido ta.
_ Ah! Vai se fuder cara_ Joe falou.

 Então continuamos a brincadeira, e passamos a noite inteira assim, bagunçando feito crianças, fomos nos deitar era umas três e meia da manhã, tínhamos que dormir por que íamos sair amanha quatro horas da manhã, então fomos nos deitar. Ah... Taylor não apareceu, então descobrimos que ela tinha ido dormir.

 Não sei por que mais me lembrei de Zack, acho que ele estava um pouco grilado comigo por que passei mais tempo com o Joe do que com ele, ele é meu namorado, me senti um pouco culpada, (Muito na verdade) ele é o meu namorado, ele é o cara que eu escolhi para me dar uma segunda chance, e ele está provando que me merece, só que agora quem não o merece sou eu, pensando em outro (Não sei, mas acho que é pecado).

 Pensando nisso me levantei em silencio no escuro e sai do quarto, não iria conseguir dormir assim, então andei até o quarto dele, que não era muito longe do quarto do Joe, e entrei sem fazer barulho, fiquei em duvida quem era o Justin e ele, os dois são loiros, mas por sorte consegui ver o rosto dele, então levantei o cobertor e comecei a me deitar...

_ Que isso?_ Ele pareceu assustar.
_ Xii, sou eu!
_Demi?
_ É!_ dei um sorriso lhe dando um selinho.
_o que faz aqui?_ Perguntou dando um sorriso lindo meio sonolento, mas bem feliz.
_ Foi a minha consequência e eu tenho que cumprir._ Ele apenas deu um sorriso e então o beijei novamente, ele abraçou minha cintura me puxando, mas quando senti sua mão em minha coxa puxando minha camisola, o soltei e me virei de costas._ Vamos dormir.
_ Como é que é?
_ É, eu to com sono._ falei o ouvindo dar um suspiro inconformado._ Desculpa._ sussurrei, mas então o senti me abraçar de novo e fomos dormir, seria boa essa noite, estaria passando mais tempo com ele, e era o que eu precisava, depois de fazer aquela cena de ciúmes mais cedo com o Joe... Eu precisava sentir ciúmes dele... Só dele.... Ele é o meu namorado._ Feliz ano novo amor.
************************************************************************

CONTINUA...

Capitulo 17 – O que quer de mim?


 Quando acordei, por incrível que pareça era duas da tarde, a cama estava ótima. Zack ainda estava deitado, então tentei me levantar sem fazer barulho, mas foi em vão claro.

_Demi?_ Ele falou se espreguiçando,_ Aonde vai?
_Escovar os dentes._ Disse.
_Já?
_ Já são quase duas e meia._ Ele pulou da cama.
_ Como disse?
_É isso aí._ apontei pro relógio perto da cama dele.
_ Caraca. _ falou tonto por ter pulado da cama com tanta rapidez_ Também vou escovar os dentes no outro banheiro.
_Ta bom._ quando fui sair ele me puxou pelo braço e me deu um beijo, profundo, mais ainda sim sem mexer nada, apenas apreciando, mas me afastei, estávamos com bafo, ele apenas riu e saiu, então fui escovar os dentes e trocar de roupa, quando saí e desci as escadas já estavam todos lá, com roupas de dormir, com certeza tinham acabado de acordar também.
_ Demi!_ Sel falou assustada._ Até que enfim.
_Onde você estava garota, estávamos preocupada._ My falou.
_ O que aconteceu?_ Todos se calaram pra me escutar.
_ Nada gente._ Foi à primeira coisa que consegui dizer.
_ Por que teria acontecido alguma coisa?_ Zack falou tentando cortar o assunto... Eu acho.
_ Sei lá_ Kevin o olhou com desconfiança.
_ Onde você dormiu?_ Sel perguntou.
_ Ah é isso aí?_ Justin falou._ Lá no meu quarto é claro, vocês acham que não escutei vocês dois se beijando ou conversando coisinhas enjoativas?_ Nessa hora, vi Joe e Kevin cuspindo o café.
_Como é que é?_ Kevin falou._ Achei que tivesse deixado bem claro que não queria namoradinhos dormindo juntos, apenas casados.
_ Olha não aconteceu nada de mais, nem nos beijamos direito, só quis dormir com ele por que estava com frio, só isso_ falei com pressa e enfiei uma torrada na boca, dando um sorrisinho sem graça, enquanto todos me olhavam._ quer?_ falei enquanto ninguém tirava o olho de mim.

 Então nós lanchamos bem, pra mim foi um pouco desconcertante por todos ainda ficar me olhando, mas depois saí de dentro e fui olhar o mar sentado de baixo de uma árvore, depois de um tempo Joe se sentou ao meu lado.

_ E aí?_ Falou puxando assunto.
_ O que?_ perguntei o fitando.
_ Como foi à noite?_ chegamos ao ponto que ele tanto queria.
_Não foi nada demais, eu apenas dormi.
_ É assim que começa._ O olhei franzindo o cenho, ele não me olhou, apenas continuou olhando o mar.
_ Como assim?
_ Ah, não sei, pode ser que da próxima vez vocês possam esquentar mais, e... Ah sei lá, vocês teriam coragem que eu sei.
_O que?_ Me assustei._ Érr... Não... Érr... Acho que não._ falei já segurando meus cabelos._ Mas o que tem dormi um dia com meu namorado?
_ Não sei, nunca dormi com uma namorada.
_ Estamos no século vinte e um, não no século retrasado querido, podemos dormir com um namorado, não é pecado e nem proibido, vocês acham que estamos em que século?_ Ele apenas respirou fundo e se levantou.
_ Tudo bem, acho que estou sendo muito papai né, mas é por gosto de você_ e saiu, eu apenas fiquei o olhando até ele entrar na casa e mesmo assim fiquei olhando por onde ele passou, então depois entrei e comecei a arrumar minhas malas, arrumar minhas bagunças, era tanta coisa que quando terminei já era noite, que pena que o tempo passava tão rápido, então banhei e vesti um vestido leva branco e desci as escadas, todos estavam na sala, assistindo TV e conversando alto.

_Ei Demi!_ Zack me chamou_ você ficou o dia todo trancada no quarto, vem ficar um pouco com a gente né.
_ Ta, só vou sair um pouco ali pra vê a lua e já volto._ falei, mas pra falar a verdade não estava a fim de voltar.

 Quando saí à lua era a única luz clareando o lugar, então fui até a água e fiquei a olhando, até uma onda bater em meu pé, então olhei pra casa e vi eles conversando animadamente pela parede de vidro, só uma pessoa me encarava... Joe. Comecei a andar, querendo sair de vista deles, quando já estava longe da casa, sentei na areia e abracei minhas pernas.

_ Está muito exposta ao frio_ dei um pulo, quase gritei quando Joe apareceu.
_O que faz aqui?
_O que você faz aqui?
_ Perguntei primeiro._ ele se calou.
_ Não pude deixar uma moça sair sozinha nessa noite fria._ falou tirando seu casaco.
_Não quero..._ falei apressada dando um passo pra traz._ não estou com frio.
_ mas eu insisto._ falou chegando perto e passando seus braços em volta de mim, me arrepiei involuntariamente, acho que ele percebeu, pois parou e ficou olhando meus ombros expostos, apenas com a alcinha do vestido, então bem devagar colocou seu casaco, triscando seu rosto no meu, tipo sentindo meu perfume e eu me arrepiava ainda mais ao sentir seu hálito quente batendo em minha pele sensível.
_ Estou bem melhor agora_ criei forças e falei com os olhos fechados.
_ Aham_ Foi a única coisa que disse, então senti passar suas mãos por meus ombros, depois por meu pescoço, até chegar em meu rosto, depois apenas fiquei sentindo sua respiração, então abri meus olhos sem reação alguma, estavam me hipnotizando. Minha respiração acabou saindo mais rápida e mais falha, e enfim ele triscou meus lábios nos dele, uma sensação ótima, mas pensei em me afastar, seria uma dificuldade e também queria sentir seu gosto, aprofundar esse beijo, como queria ter feito bem antes, então antes deu aprofundar ele abriu a boca e me beijou de verdade, apenas o acompanhei, sentindo borboletas incontroláveis em meu estomago, senti sua mão abaixar até minha cintura e me puxar pra mais perto, então apenas me deixei levar e abracei seu pescoço, a outra mão dele se perdeu em meus cabelos.

Mas pra acabar com a magia, me lembrei que estava traindo Zack, meu namorado e melhor amigo de Joe, era bom o beijo, ou melhor, o melhor beijo de todos, mas não iria consegui continuar pensando que estava traindo outro, isso sim é um pecado. Criei forças e me afastei dele já sem fôlego.

_Ai meu deus._ Sussurrei triscando em meus lábios.
_ Desculpa!_ O olhei com cara feia. E me deu vontade de chorar na hora.
_ Você sempre pede desculpas, não quer me beijar, então não me beija._ falei gritando.
_Mas...
_ Eu acabei de trair meu namorado e você seu amigo..._ Senti uma lágrima quente descer._ O que quer de mim? Só quer brincar comigo? Chega, eu tenho coração sabia;
_Demi eu nunca faria isso._ falou chegando perto de mim, mas me afastei.
_Que droga Joe, você sabe como eu queria isso, mas antes não agora que estou namorando._ Ele não falou nada, apenas ficou me olhando, então deixei seu casaco cair no chão e sai correndo nervosa, triste, chorando... Eu estava com muita raiva dele, apenas entrei sem que ninguém percebesse e fui para meu quarto, deitei na cama e acabei chorando ao lembrar-me do beijo e ter gostado.
************************************************************************

CONTINUA...

Capitulo 18 – Tudo uma bagunça


  Tudo estava confuso, O que? Eu fiz alguma coisa errada? Ela confesssou que queria me beijar antes? Eu só queria correr atrás do que eu amo, do que era meu, eu deixei Zack passar na minha frente e a perdi, mas ela está por perto, sei que posso correr atrás, mesmo que ela esteja com um amigo meu, eu a conheci primeiro, nossos destinos estão entrelaçados de alguma forma, eu sinto isso.

 Eu estava feito um louco penssando nas coisas que ela me disse e no passo que acabei de tomar, mas a noite estava fria e o mar trazia mais vento frio, então apenas peguei meu casaco e voltei pra casa. Quando cheguei não encontrei Demi, ela devia ter ido pro quarto pensar um monte de bosta sobre mim, então fui até o grupo de Joven crianças que estavam rindo de não faço a menor ideia e me sentei no chão, aí percebi que não fiz a menor falta.

Depois de um tempo começou a ficar chato, Kevin e Dani só ficavam se pegando em um dos sofás, os outros ficavam conversando e rindo de umas piadas toscas que Nick contava, então me levantei e fui pro meu quarto, tirei aquela roupa que já estava cheirando mal e peguei a toalha me envolvendo e fui pro banheiro, quando cheguei ao banheiro abri a porta e ascendi a luz...

_Que isso? Aaah!_  Demi se assustou quando me viu de toalha e pulou do vaso, mas ela estava apenas sentada, estava vestida, mas no meu caso quase deixei a toalha cair de susto._ O que faz aqui?
_ Estou indo banhar._ foi aí que percebi ela limpando as lágrimas._ O que estava fazendo aqui?
_ Apenas pensando._ disse fungando.
_ sentada num vaso?
_Que é? agora é proibido?_ me olhou com um olhar feroz.
_Não.
_Pois bem, vou te deixar banhar._ e saiu sem que eu pudesse falar algo.

 Demorei o máximo que pude dentro do banheiro pensando na vida até ouvir Kevin bater na porta falando que tinha muita gente querendo banhar e pra mim não acabar com a água do mundo, então tive que sair. Quando estava passando no corredor parei ao ver uma brexa na porta do quarto de Demi e comecei a escutar o que ela estava converssando com as amigas.

_ Não é nada._ ela falou.
_ Demi eu sei que aconteceu alguma coisa, você não chora assim por qualquer coisa, confesso que você é chorona mas não a esse ponto de não ser nada._ Sel falou.
_ É uma besteira muito estupida._ falou.
_ Então nos conta, somos suas melhores amigas lembra?_ My falou.
_ Eu só to com saudade da minha mãe._ respirei fundo e fui pro meu quarto, ouvir aquela conversa só estava me deixando ainda pior.

 Vesti uma blusa branca de mangas fina e uma calça de frio, estava um pouco frio essa noite, e eu gosto muito de me desembrulhar, então tinha que me previnir.

Demi narrando

 Eu estava deitada em minha cama olhandopra lua que vinha da janela, todos estavam dormindo , menos eu, só consseguia sentir algumas lágrimas molhar meu travesseiro, não sei como ainda tinha lágrimas. Não consseguia esquecer o ocorrido, nunca desejei algo como aquele beijo na vida, foi tão bom que me sinto culpada, eu traí o Zack e isso não é coisa que eu faço, eu odeio traição, por que a minha vida mudou muito depois que Zack me traiu e me trocou por outra, e eu estava com medo de contar pra ele e ele se sentir como me senti.

 Foi aí que percebi que estava suando nesse frio, então apenas levantei e fui tomar um pouco de água, desci as escadas e fui pra cozinha pegando um copo e abrindo a geladeira e jogando água gelada no meu copo, bebi tudo em um goli, depois subi de novo as escadas e fui pro meu quarto, mas parei quando não reconheci o lugar onde estava, tirei a mão da marçaneta de uma vez quando vi escrito JOE na porta, minha respiração até saiu um pouco mais falha e bem rapido, então me escorei na porta tentando encontrar um motivo para não entrar lá, tinha varios, mas não consseguia pensar, então toquei na marçaneta e abri com calma.

 Quando entrei fechei a porta bem devagar e olhei firme pra cama a minha frente, Joe estava deitado de lado de costas pra mim, respirei icontáveis vezes antes de me aproximar, fiquei o fitando e sentei no quanto da cama, minha respiração era a única que conseguia se escutar alí, senti seu perfume espalhado pelo quarto e então cheguei perto do seu pescoço e comecei a sentir seu cheiro, mas levei um susto quando ele se mexeu e me encarou, não estava com cara de quem acabou de acordar, o encarei assustada, minha respiração saiu mais que desregulada.

_ Demi_ ele sussurrou_ eu sabia que era você .

 O encarei ainda mais fundo e comecei a olhar cada traço de seu rosto perfeito, seus cabelos, seus olhos... Sua boca.

 Comecei chegar perto dele bem devagar sem conseguir me segurar, mas parei recuperando minha sanidade, mas foi tarde, ele puxou meu pescoço triscando nossos lábios me fazendo esquecer do mundo lá fora, agora que começou a mover os lábios fui eu sem conseguir me conter, estava querendo aquilo a tempos, então começamos a nos beijar na mesma sincronia, como se estivéssemos em uma dança, segurei em seus braços agarrando sua blusa, só que faltou folego e nos separamos.

 Ficamos nos olhando por um tempo que pareceu uma eternidade, estávamos ofegantes, então de um jeito ágil ele se sentou na cama retomando o beijo, foi tudo tão rápido que perdi o folego, mas não queria parar, de jeito nenhum, o beijo ainda consseguiu ser melhor que o primeiro, ele abraçou minha cintura me colocando em seu colo com as duas pernas pra um lado eu o abracei segurando seus cabelos, tão macios que me fizeram perder a concentração, nossos corpos estavam colados e eu já não consseguia mais me segurar, eu estava perdida, ele poderia fazer o que bem quisesse que eu não iria protestar, mas como sempre falta ar e nos afastamos com ele puxando meu lábio inferior entre os dentes me deixando escapolir um suspiro, então apenas abri os olhos encontrando os dele, arregalei os olhos num segundo recuperando a cabeça e vendo o que estava havendo alí, tirei suas mãos de mim e levantei num pulo, apenas fiquei respirando desesperada de costas pra ele, não consseguia dizer nada.

_ Não era pra ter acontecido isso._ cochichei, mais pra mim.
_ Você não gostou?
_Não é essa a questão.._ Me virei pra ele que estava encarando suas mãos._ Pelo amor de Deus, fica longe de mim, por favor._ pedi já com a voz já chorosa.
_ Não me peça isso Demi._ falou ainda fitando suas mãos, não parecia muito feliz.
_ Por favor._ O fitei por um tempo, então quando fui sair do quarto escutei sua voz.
_ Demi!_ me virei involuntariamente e o vi me olhando com os olhos cheios de lágrimas_ eu nunca irei te deixar, não me peça isso... Por favor.

 Não aguentei muito tempo olhando pra ele, então abaixei meus olhos deixando uma lágrima cair, não queria que ele me visse assim, então apenas me virei e sai do quarto, voltando pro meu e caindo na cama e comecei a limpar minhas lágrimas, eu já falei que não iria chorar por nenhum homem mais, mas eles só me fazem sofrer.
************************************************************************

CONTINUA...
Postado por BEKA!!!

2 comentários:

  1. Super maravilhoso
    amei amei
    posta logo please!

    ResponderExcluir
  2. Amei, amei, please nao demora postar nao, to amando muito. Bjokas

    ResponderExcluir