27 de setembro de 2013

Mini Web – 2º – Consequências Da Vida e Mini Web – 3º – Penúltimo _ Consequências Da Vida

Gaaaleraaaaa...
Q bom que estão gostando....
E desculpa pela demora era pra mim ter postado já a um tempão.... Então pra recompensar vou postar dois capítulos de  uma vez só... Esperem que gostem e comentem muito.
Eu até tentei postar antes, mais gente... É SEMANA DE PROVA. rsrsrs mais ta aí.


Outra coisa... Essa Web foi inspirada no Filme "Verdade ou consequência" ... (Ah nossa...) Sei que é nada de mais, mas é só pra falar mesmo kkkk
Bom... Vamos lá.

Mini Web – 2º – Consequências Da Vida
Acordei com umas batidas na porta, levantei assustada, desci as escadas correndo e abri a porta sem nem olhar quem era.
___ Oi ___ Taylor, Miley e Sel falaram animadas.
___ Oi meninas. ___ falei.
___ Que cara de sono é essa? ___ Sel perguntou enquanto entravam.
___ E que roupa é essa? ___ My perguntou arregalando os olhos, como as outras.
___ Vamos subir e então você conta tudo. ___ Taylor falou.
___ Quantas horas? ___ Perguntei.
___ Nove. ___ Respondeu e começou a andar pela casa. _ cadê sua mãe?
___ Ta trabalhando, só volta dez ou onze da noite.
___ E você fica sozinha?
___ A maioria das vezes, sim.
Às vezes Sel e My ficavam comigo, mas não é sempre que elas podem, na verdade sempre fora Joe que ficava comigo, não tinha um dia em que eu ficava sozinha, foi em um desses dias que demos nosso primeiro e único beijo, no meu quarto... Até brigarmos.
___ Bom, agora vamos subir e você vai nos contar tudo. ___ My falou sem esconder sua curiosidade.
Subimos a escada e fomos pro meu quarto. Contei tudo a elas que ficaram ainda mais boquiabertas que antes.
___ ... Não, e a Denise ainda me entregou a chave da casa dela pra que eu voltasse lá amanhã por que ela vai trabalhar hoje e amanha o dia inteiro.
___ Eu não voltava mais lá. ___ Sel falou.
___ Bom galerinha... ___ Taylor falou ___ Eu só topei fazer essa festinha ridícula por que tive uma ideia.
___ Ideia? ___ My perguntou curiosa.
___ É. Quem  já assistiu o filme “Verdade ou consequência” ? ___ Taylor perguntou.
___ Eu não. ___ Sel falou.
___ Nem eu. ___ Falei
___ Eu já, ele é muito massa. ___ My falou sorridente.
___ Então, que tal jogarmos?
___ O que? Claro que não. ___ My falou assustada.
___ Por quê? O que tem de mais? ___ Sel perguntou.
___ Vou ensinar, só que vamos mudar um pouco por que o filme é pesado de mais ___ Taylor falou.
___ Ah! Melhor assim. ___ My falou aliviada.
___ Bom, não tem a verdade apenas a conseqüência.
___ Hum. Interessante. ___ Sel falou.
___ Cada uma desafia uma, e quem não fazer vai ter que rapar a cabeça.
___ O que? ___ dissemos ao mesmo tempo.
___ É, só que é muito pesado, então apenas cortar o cabelo bem curto, curto mesmo, mais curto que o meu... E pintar de azul.
___ Ah não. ___ Eu, Sel e My nos olhamos, nós três tínhamos cabelos enormes.
___ Pois é.___ Taylor riu.
___ Não isso não... ___ falei assustada como todas.
___ Que isso ou... Todas nós vamos dar conta do desafio pode ter certeza.... Bom, continuando... Quem tem dinheiro?
___ Eu. ___ Nós três falamos juntas.
___ Então vamos colocar aqui no meio.___ Então nós todas colocamos e começamos a contar. ___ Hum, Cento e vinte reais. Melhor conseqüência ganha esse dinheiro. ___ Nos entreolhamos. ___ Ah, vamos começar logo ok.
___ Ok! ___ falamos.
___ Só para nos divertir. ___ Sel falou.
___ Ta, mais nada de correr pelada na rua. ___ My falou.
___ O que? ___ perguntei assustada.
___ Pode ficar tranquila. ___ Taylor falou. ___ como você já assistiu o filme, você escolhe quem primeiro. ___ falou pra Miley.
___ Ok! ___ Ela respirou fundo. ___ A Selena. ___ A Sel olhou sem saber o que fazer. ___ Escolhe alguém pra te desafiar.
___ Ta bom... Érr... Você. ___ Sel falou.
___ Ok, ___ My pensou e sorriu. ___ Eu te desafio a ficar na garupa da moto do Fred, em frente aquela balada.
___ O que? Ah não essa é muito pesada.___ Sel falou quase morrendo de susto.
___ Nossa, do Fred? ___ Eu falei assustada, todos tinham medo do Fred, ele tinha uma reputação e tanto.
___ Não, por favor, você sabe que eu morro de medo de moto.
___ Agora tem que cumprir ou Bye bye cabelinho. ___ Taylor falou. ___ Ah Demi você tem uma filmadora?
___ Tenho.
___ Pega por que vamos filmar tudo.
___ Não é muita judiação? ___ Perguntei olhando pra cara de choro que Sel fez quando viu que era sério... E eu sabia muito bem do medo que ela tinha de moto... Uma época atrás ela e um ex-namorado sofreram um acidente serio de moto e ela nunca mais quis subir em outra. E o Fred era o cara mais louco da cidade... Ele fazia uns rachas de moto e todos tinham medo dele... Ele era valentão e bonito também confesso, ele é um cara famoso na cidade pelo que faz.
___Não, por favor, ___ Sel implorou. ___ Gente é sério eu tenho fobia, eu posso morrer.
___ Acho melhor eu trocar. ___ My falou se sentindo mal.
___ Não... Já era... Agora quero ver a Sel em cima de uma moto.___ Taylor falou se levantando.
___ Cala boca Taylor... Por favor Miley... Você sabe de tudo.
___ Você ouviu a Taylor. ___ My falou.
Depois de muito tempo ouvindo Sel chorar e implorar. Entramos no carro da Taylor e fomos pra balada. Ao chegar foi difícil tirar Sel do carro. Depois andamos até um grupo onde Fred estava.
___ Fred faz favor. ___ Taylor o chamou e ele levantou desconfiado e ao mesmo tempo nos olhando de cima a baixo.
___ Posso ajudar? ___ Perguntou.
___ Nossa amiga quer dar uma volta com você ___ Então ela mostrou Sel  e ele deu um sorriso a observando de cima a baixo e Selena fez uma careta de choro.
___ Vem comigo. ___ Ele começou a andar até uma moto preta com desenhos de fogo na lataria, me estremeci inteira. Ele subiu na moto e olhou pra Selena  que se virou pra correr. Mais Taylor a segurou.
___ Você ta com medo? ___ Ele perguntou sorrindo. Selena começou a chorar.
___ É que eu tenho muito medo de moto.
___ Você tem medo de moto? ___ Ele perguntou rindo da cara dela.
___ É, mais eu preciso fazer isso, seja bonzinho, por favor, anda bem devagarzinho... De um jeito seguro. ___ Implorou.
___ Pode deixar gata, eu vou ser o melhor que você já andou. ____ Fred falou
Então ela subiu na moto sem capacete e ele ligou a moto...
___ Se segura forte em mim. ___ Ela o apertou só o fazendo rir cada vez mais.
Ele deu uma virada brusca a fazendo gritar e o apertar e então ele puxou de uma roda e saiu cantando pneu e Selena fazendo um escândalo, e claro, Taylor estava filmando tudo. Então ele virou e veio em nossa direção a toda velocidade e parando num movimento brusco fazendo a roda de trás se levantar e cair dando um baque, depois ele começou a rodar cantando pneu, saindo fumaça do asfalto para todo lado, Selena chorava e gritava pra parar. Quando ele  parou ela ia descer, mais ele saiu dando uma arrancada a fazendo quase cair e saiu de nossa vista. Meu coração só se acelerou mais. Estava quase chorando junto com ela.
___ Onde eles foram? ___ Perguntei apavorada.
___ Calma. Agorinha ele volta. ___ Taylor falou rindo filmando a nossa cara de pavor.
Do nada eles voltaram numa velocidade extrema e ele parou, Selena desceu da moto apressada e chorando, e quando colocou o pé no chão caiu, estava com as pernas fracas. Corremos até ela e Taylor apenas filmando.
___ E aí? Mais alguém quer dar uma volta? ___ Fred perguntou se sentindo satisfeito por passar medo. Era isso que ele fazia mesmo.
___ Não obrigada, quem sabe outra hora. ___ Taylor piscou pra ele o fazendo rir.
___ GENTE ESSA FOI A PIOR EXPRERIENCIA DA MINHA VIDA, EU QUASE MORRI. ___ Sel gritava chorando, sua voz já estava um pouco rouca, e me abraçava enquanto eu tentava levantá-la, ela estava tremendo.
___ Ta tudo bem, acabou. ___ Tentei animá-la. Mais ela só chorava, sentei ela debaixo de uma árvore.
___ Tudo bem. Miley escolhe. ___ Taylor falou sem paciência.
___ Érr... Você ___ Taylor sorriu.
___ Ok! Quero que Selena me desafie.___ Selena a olhou nervosa se levantando.
___ Já que é pra ser coisas pesadas... Então quero que você faça Strip na frente daquela balada até ficar com roupas íntimas. ___ Eu e My arregalamos os olhos e Taylor riu.
___ Fácil.___ Falou piscando pra Sel e indo em direção da porta da balada onde estavam muitas pessoas.
___ Ela tem algum problema?___ Sel perguntou e fomos atrás dela.
Taylor me entregou a câmera e eu comecei a filmar enquanto ela subia em cima de um lugar cimentado e começava a dançar ao som da música que vinha de dentro. Uns homens começaram a se aproximar, inclusive os maloqueiros. Ela começou a desabotoar a blusa e tirar, os homens gritavam cada vez mais, e quanto mais eles gritavam mais pessoas apareciam, até mulheres. Ela começou a desabotoar o short, mas um carro de polícia passou e parou, um policial desceu do carro com os olhos arregalados.
___ TAYLOR!___ O policial gritou e Taylor o olhou assustada.
___ Pai?___Foi aí que o reconheci.  Sel, My e eu ficamos apavoradas.
___O que está fazendo?___ Ela olhou pra Selena.
___Apenas com roupa íntima.___ Selena a avisou.
Taylor tirou o short e então pegou suas coisas e começou a correr só de calcinha e sutiã.
___ CORRE MENINAS, CORRE.
Então começamos a correr e eu não parava de filmar, apesar de estar filmando nossos pés.
Taylor entrou no carro e nós entramos em seguida. Quando seu pai se aproximou ela deu uma arrancada, indo pra longe dali.  Depois de um tempo ela parou em frente a uma praça movimentada pra respirar um pouco. Nós estávamos eufóricas e do nada Taylor começou a rir feito uma louca.
___ Olha a cara de vocês.___ falou dando gargalhadas___ Ta hilária.
___ Você é maluca ou é o que?___ My falou.
___ Não vai acontecer nada, não é a primeira vez que isso acontece e ele não vem atrás de mim.___ Nós ficamos a olhando perplexa.___ Tudo bem, quem é a próxima?___ela perguntou e meu celular tocou.
___ Minha mãe.___ Falei, elas me olharam.
Sai do carro e atendi. Ainda estava tremendo, mas tentei disfarçar ao máximo o meu nervosismo.
___ Oi mãe___ falei toda fofinha.
___ Filha onde você ta? Já são onze da noite___ falou e fiquei desesperada pensando em alguma desculpa.
___ Ah mãe é que Sel, My e eu... Érr... Fomos fazer uma festa do pijama na casa da Taylor.
___ Taylor?
___ É mãe, você já viu ela.
___ Ah! Aquela maluca? Filha de um policial?___ Perguntou.
___ É.___ Respondi ainda tremendo, só foi tocar no pai dela.___ Nós estamos ótimas viu, não tem nenhuma bagunça e nem estamos fugindo de um policial.
___ O que?
___ Nada; mãe tenho que desligar.
___ Ok! Dorme com Deus viu.
___ A senhora também. Beijo.___ E desliguei apressada voltando pro carro. Taylor já estava vestida.
___ Ok Demi, como você estava falando no celular Miley vai fazer o desafio e quer que você a desafie.___ Taylor falou e eu ri, tinha acabado de ver umas pessoas que me interessava do lado de fora.
___ Érr... Ok... Quero que você finja que gosta de uma pessoa e se declare pra ela terminando com um beijo.___ Miley me olhou pensativa.___ E essa pessoa é o Nick.___ Ela arregalou os olhos.
___ Nick... O jogador de futebol?
___Ele mesmo.___ Falei rindo, sabia que Miley o odiava só por que ele era um bobão e pegador.
___ Aquele otário?___ Falou nervosa.
___ Otário, mas lindo___ Selena incluiu.
___ E aí? Vai fazer ou não?___ Taylor botou pressão.
___ Então vamos, mas Demi fique sabendo que você me paga depois.___ My falou.
___ Ele está bem ali com o grupinho de time de futebol.___ falei apontando o dedo pra quadra. My fez uma cara assustada.
___ Vamos lá.___ Taylor falou descendo do carro.
Então nós todas descemos, Taylor arrumou a câmera e nos escondemos atrás de uns arbustos perto dele.
___ Vai lá.___ Taylor falou já filmando.
___ Na frente de todos?
___ É uai.___ Taylor fez cara de “isso é óbvio”.
My respirou fundo e foi andando até o grupo onde Nick estava.
___ Oi.___ falou sorrindo olhando pra ele.
___ Oi___ Falou a estranhando mais também dando um sorriso educado. Seus amigos perceberam e se afastaram um pouco, fazendo My se sentir idiota, deu pra perceber pela cara que ela fez.
___ Érr... Eu tava passando e... E te vi aqui...___ Ela estava gaguejando fazendo nós rirmos muito. Ela nos olhou nos fuzilando com o olhar.
___ Ah! Que legal.___ Ele falou nos fazendo gargalhar, já estava chorando.
___ E... Ai Deus... Não acredito que vou fazer isso.___ Miley nos olhou novamente como se quisesse nos matar.
___ O que foi?___ Nick perguntou. Nós gargalhávamos alto já. Miley nos olhou desafiadoramente.
___ E eu não aguentei, não posso mais perder tempo... Nick eu sempre gostei de você...___ Nós paramos de rir, ela estava fazendo mesmo.___ Eu não consigo ficar longe de você, eu quero estar do seu lado sempre___ Nós voltamos a rir, mais agora estávamos impressionadas. Ela se aproximou para beijá-lo, mas Nick se afastou com os olhos arregalados.
___ Miley...___ Nick respirou algumas vezes.___ Você não sabe o quanto esperei por isso, eu também te amo.___ Nós rolamos no chão de tanto rir, não esperávamos isto, principalmente da cara da Miley.
___ Demi. Aquele ali é o Liam?___ Taylor perguntou e eu quase dei um treco.
___ Oh Meu Deus... Ele não pode ver a Miley.___ Falei assustada. Liam era o namorado de Miley.
___ Pode deixar que eu resolvo isso.! ___ Falou me entregando a câmera e indo na direção dele. Então me concentrei na Miley.
___ Eu também, sempre que te via queria estar com você te abraçar...___ Nick não parava de falar.
___ Serio?___ My perguntou me fazendo rir.
___ Serio.___ Ele respondeu.
Taylor chegou sorridente do meu lado e começou a observá-los. Miley e Nick começaram a se aproximar devagar como se fossem apaixonados de verdade fazendo meu sorriso, sumir dando lugar a uma cara boba e quando finalmente se beijaram parecia beijo de novela, mas me exaltei ao ver Liam indo a sua direção.
___Miley?___ Ele gritou.
___ Liam?___ Falou assustada se desgrudando de Nick.
___ Então você me chamou pra eu ver isso?
___ Eu não te chamei, Quem falou isso?___ My perguntou.
___ Taylor!___ Ele falou. Eu olhei pra Taylor assustada, ela rolava no chão de tanto rir.
___ Aquela desgraçada.___ My gritou exaltada.
___ Olha aqui, ta tudo acabado entre a gente viu.___ Liam falou. Nick ficou apenas quieto, assustado de olhos arregalados.
___ Chega!___ Selena falou se levantando e indo atrás da My, eu e Taylor fomos atrás.___ My vamos quanto mais rápido terminarmos isto melhor.
___ Mais... Por favor, não... Liam não.___ Miley implorava, Liam apenas deu as costas saindo.
___ Vamos Miley, depois vocês conversam.___ Selena falou a puxando.
Corremos até o carro entrando em seguida, Miley estava eufórica.
___ EU NÃO ACREDITO TAYLOR___ My começou a gritar.___ TAYLOR VOCÊ É LOUCA? POR QUE FEZ ISSO? ELE É MEU NAMORADO, O QUE VOCÊ ACHA QUE ELE FARIA SE ME VISSE BEIJANDO OUTRO?
___ Seu ex.___ Taylor falou e todas nós a olhamos___ Que é? Depois vocês conversam, fala que foi um jogo e que a culpa foi minha e da Demi.___ A olhei perplexa.___ Foi você quem a desafiou. Era só pra ficar mais divertido.
___ Divertido?___ My falou quase explodindo.
___ É.___ Taylor falou sem paciência.___ agora vamos continuar.
___ concordo.__ Selena falou.
___ Bem. A única que sobrou foi a Demi, e eu ainda não desafiei ninguém___ Taylor falou e eu me arrepiei inteira. Sel me olhou assustada.
___ Iiiii. Se ferrou.___ My falou ironicamente e eu a fuzilei com o olhar.
___ Fala logo antes que eu saia correndo.___ falei
___ Ok! Só precisamos ir a um lugar primeiro.
Então Taylor ligou o carro dando uma arrancada feroz, cantando pneu. Depois de um tempo ela parou em frente a minha casa.
___ O que estamos fazendo aqui?___ Perguntei___ É aqui o meu desafio?
___ Não. Só estamos precisando de uma coisa que está aqui.___ Taylor falou e eu estranhei.
___O que é então?___ Perguntei.
___Quero que vá lá dentro e pegue a chave da casa do.... Joe.___ arregalei os olhos. Aquilo não, tudo que envolvia Joe me dava pavor.
___ O que? Não.
___ Vai lá, é coisa simples.___ Taylor falou e percebi My e Sel derem pequenas risadas.
___O que é o desafio?___ perguntei. Minha respiração estava mais rápida que o normal e meu coração estava a mil.
___Ah! Ok vou te falar. É simples só quero que você fique no quarto do Joe até as três da manhã. Se você não quiser que ele te veja, é só se esconder no armário dele___ Taylor falou.
___ Isso me lembra o filme.___ My falou.
___ Não. Nem pensar.___ falei decidida.
___Então você prefere cortar o cabelo na orelha e pintar de azul?___ Taylor falou com uma voz desafiadora e um sorriso cínico.
___ Prefiro.___ O sorriso dela sumiu e eu estava quase chorando.
___ Ei, vai ser fácil, ele nem vai te ver, e três horas da manhã ele vai estar dormindo, nem vai te ver sair.___ Taylor falou.
___ Não. Já disse que não. Não gosto dele, não gosto do quarto dele, eu... Eu tenho lembranças, tenho pesadelos com aquele quarto, em toda a minha vida a pessoa que mais me fez sofrer foi ele.___ Falei com os olhos cheios de lágrimas.
___Demi... Faz favor.___ Selena falou descendo do carro e me levando junto.___ Demi, eu sei que é difícil, foi muito difícil pra eu também fazer esse desafio, mas eu consegui, consegui quebrar essa barreira, passei por mais um obstáculo e agora é sua vez.
___Sel você não entende...
___Entendo. Foi My e eu quem ficou te consolando por todos esses anos, e sinceramente... Eu gostei desse desafio, eu sempre quis jogar vocês dois em algum lugar pra que conversassem; só não tive coragem, mas agora é a sua chance de colocar ele na parede e descobrir tudo que você sempre quis saber.___Eu já estava chorando.
___Ele vai me expulsar do quarto dele. Você sabe como ele é. Ele... Ele me odeia.
___ Amiga seja forte, coloque ele na parede e não o deixe sair de lá. E lembrando que se perder o desafio vai ter que cortar seu lindo cabelo___ falou passando a mão no meu cabelo.
___Eu concordo.___ My apareceu do nada___ Sel tem toda razão.
___Vocês acham que eu devo fazer o desafio?___ perguntei chorando.
___ É claro.___ Falaram.
___Não... Não tenho coragem... Ele é o meu pior pesadelo.
___ Demi pra perder o medo é o desafiando, é você ir até ele e passando medo nele.___ My falou.
___ Ok!___ Falei. Era tudo que eu queria. Desvendar tudo desde o inicio.
Respirei fundo e fui até Taylor.
___ Eu topo seu desafio.___ Falei e ela riu.
___Então o que ta esperando?Vai pegar a chave.___respirei fundo.
Então abri a porta de casa o mais silencioso que pude, caminhei na ponta dos pés e peguei a chave que estava no chaveiro e voltei correndo trancando a porta em seguida tentando não fazer um mísero barulho, minha mãe tinha um sono pesado, mas não era bom abusar da sorte.
Entrei no carro com o coração na mão e Taylor ligou o carro, indo a duas ruas a baixo e parando em frente à casa de Denise. Eu comecei a chorar novamente.

Continua...





Mini Web – 3º – Penúltimo _ Consequências Da Vida
___Tudo bem Demi, cadê a chave?___ Taylor perguntou e eu a entreguei___ Vamos.
Nós quatro saímos do carro e Taylor abriu a porta sem fazer barulho. Estava tudo escuro, Selena ligou a lanterna do celular e continuamos, meu coração estava nas mãos, eu estava mesmo louca, sabia que is me arrepender. Começamos a subir as escadas e percebemos que a luz do quarto de Joe estava acesa, nos entreolhamos então Selena desligou a lanterna. Quanto mais nos aproximávamos escutávamos barulho de chuveiro. Quando chegamos na porta nos entreolhamos.
___ Ok. Quantas horas?___ Taylor perguntou.
___ Meia noite.___ My respondeu.
___ Três horas viremos de buscar.___ Taylor falou___ Ah!  Fique com a câmera e quero que filme tudo.
___Eu quero ir embora, isso é suicídio.___falei chorando.
___ Calma Demi.
___Ele está tomando banho, vai acabar abrindo o armário pra pegar alguma roupa.___ falei.
___ Não. Olha lá.___ Olhei pra dentro “daquele” quarto.___ As roupas que ele vai vestir está em cima da cama.___ respirei fundo.___ Agora vai Demi.
Respirei fundo e dei um passo pra dentro do quarto e logo atrás elas fecharam a porta silenciosamente. Segurei o choro ao olhar pra dentro do grande quarto e então olhei pro armário indo diretamente nele. Entrei e me sentei no chão, olhei pro quarto pelas aberturas verticais que tinham na porta. Peguei a câmera e comecei a filmar.
___To aqui no quarto dele... E to tentando não chorar pra não fazer barulho... E... Eu odeio vocês.
Fiquei um bom tempo ali no armário, mas quando o ouvi rapar o banheiro quase gritei, abri aquela porta e sair correndo. Meu coração estava a mil. Minha respiração saiu falha e pesada, tentei me acalmar pra que não fizesse barulho.
E ele saiu do banheiro com uma toalha enrolada na cintura eu arregalei os olhos e quando foi tirar a toalha fechei os olhos instintivamente, mordi minha boca e abracei minhas pernas rezando pra que tudo aquilo acabasse logo.
Depois de um tempo abri os olhos e ele estava de boxer, suspirei o olhando, depois olhei pra câmera que não parava de me filmar, a peguei e comecei a filmá-lo, ele estava pondo uma calça preta folgada, e então pulou na enorme cama pegando um livro e lendo. A câmera estava tremendo em minhas mãos e meus olhos estavam ardendo, prontos para derramar mais lágrimas.
Ele ficou um bom tempo lendo, algo que me impressionou, não sabia que ele gostava de ler. Eu já estava com sono, à câmera estava jogada em algum canto e eu estava encolhida por causa do frio.  Rapidamente ele largou o livro de lado, passou as mãos nos braços musculosos sentindo frio, (ele vivi sem camisa) então levantou da cama e pegou uma camisa jogada e a olhou, depois murmurou algo e a jogou de lado e veio em minha direção, eu arregalei os olhos, meu coração ficou acelerado novamente, meu sono esvaindo, comecei a chegar pra trás desesperada, como se fosse um filme de terror, e o monstro estava preste a me encontrar. Quando Joe abriu, levou um susto ao me ver.
___ Demi?___ Eu permaneci intacta com os olhos arregalados.___ O que ta fazendo aqui?___ Perguntou, mas não teve resposta.___Sai daí agora.___ falou segurando meu braço e me levantando de qualquer jeito___ O que está fazendo com minha camisa?
___Érr... Não deu tempo de trocar___ Ele me olhou confuso, então balançou a cabeça e me olhou furioso.
___Sai daqui agora.
___Não___ falei apressada.
___O que?
___É um jogo que My, Sel, Taylor e eu estamos jogando e se eu não cumprir o desafio vou ter que cortar o cabelo.___ Ele olhou meu cabelo solto e bagunçado por causa do armário.
___E o desafio é você ficar no meu armário? Isso é ridículo.___ Falou
___É. No seu quarto.___ Ele me olhou por um tempo.
___Não, sai daqui, anda.___Apontou pra porta.
___Não.
___Sai logo.___ falou segurando meus pulsos e me arrastando. Tentei ficar, mais ele era mais forte.
___Não, não, eu não vou, não, por favor.___ Ele me carregou até a porta.
___EU JÁ MANDEI VOCÊ SAIR.___ Gritou comigo. Mas quando foi abrir a porta não deu conta___ O que ta acontecendo? Por que minha porta está trancada?
___ Eu não sei.___ falei tentando segurar as lágrimas que caiam.
___Me entrega a chave.
___ Eu não to com ela.
___ O que?
___ A Taylor deve ter feito isso.
___Não. NÃO.___ Gritou me assustando.___ Nós não podemos ficar aqui juntos.
___ Por que não?___ Falei nervosa, o colocando na parede como as meninas falaram.
___ AH QUE ÓDIO!___ Gritou dando um murro na parede me fazendo tremer. Então resolvi ficar calada.
Ele respirou fundo pra tentar conter a raiva e então foi andando até a cama e se sentando nela de frente pra mim com a cara fechada. Ficamos assim, um olhando pro outro, ele pareceu relaxar com o tempo, e quando me vi já estava andando de um lado pro outro. Joe parecia pensativo, mas não tirava os olhos de mim, isso me deixava desconsertada.
___Demi, você ainda é virgem?___ Perguntou tranquilo.
___Ham?___ perguntei assustada, mas depois me recompus, não queria parecer inocente demais ouvindo essa pergunta.___ O que acha?___ Perguntei.
___ Não sei.
___ Como assim não sabe? O que te deixa em duvida?___ Perguntei curiosa.
___Acho que você não ficaria com um cara só por ficar, acho que só faria se tivesse namorando no mínimo, mas pelo que sei nunca namorou, ou se estivesse apaixonada.___ ele me olhou de um jeito estranho.___ mas, seu corpo... Seu corpo sempre teve curvas, mas as curvas agora parecem mais madura, você parece mais madura e... Seus seios estão maiores.
___Joe!___ falei já vermelha, meu rosto estava queimando.___ Sou... Sou virgem. Essa mudança é por que tinha quinze anos antes.___ Ele deu um leve sorriso. Até parecíamos amigos novamente.
___ Por que está rindo?___ Ele me olhou desfazendo o sorriso.
___ Por nada.___ Então o silencio tomou conta novamente.
___ E você?___ Perguntei.
___ Eu o que?
___ Ainda é virgem?
___Adivinha!___ Falou com um sorriso sarcástico. Abaixei o olhar.
___Eu acho que não.
___Acertou.___falou e o olhei triste.___ perdi aos dezesseis anos.
___Na época em que brigamos.___ completei.___ É bom?___ Perguntei, e o vi levantar as sobrancelhas.
___É né, lógico.___Senti meu sangue ferver.
___É, acho que eu não podia ter perdido tempo, devia ter perdido na primeira proposta que tive dentre muitas.
___ O que?___ Se espantou.
___É. Eu fui uma burra achando que um dia você ia voltar a ser quem era. Eu perdi tempo me guardando pra uma pessoa que nem se quer olha na minha cara. Eu já podia ter aproveitado muito e não conseguir contar pra você com quantos já dormi...
___ Para___ gritou me fazendo querer chorar, estava com muita raiva guardada dentro de mim por muitos anos e ela estava querendo sair agora sem nem pensar duas vezes.
___Você deve ter pegado muitas, se divertido muito, mas eu não fico pra trás ta, e você sabe que a maioria dos meninos do colégio gosta de mim, mas eu me sentia feia por que o único que me importava me virava às costas.___ Já estava chorando, ele se levantou da cama furioso e veio em minha direção me dando uma pontada de medo.
___ E como você acha que eu fico quando vejo aqueles idiotas dando em cima de você? E sim, peguei muitas, mas nenhuma eu desejava tanto quanto você, eu odiava ir pras festas que você ia por que sempre via um carinha dando em cima de você, e quando via você beijando um qualquer me dava vontade de ir embora e levar você comigo, ou quebrar a cara dele, mas eu não podia fazer isso, então acabava pegando uma qualquer... Eu sei que você sofreu, mas... Eu não fico pra trás.
___ Eu não estou entendendo?___ Confessei confusa.
___ Você sempre quis saber a verdade, então vou te contar... É melhor se sentar.___ Então caminhei até sua cama e me sentei.___ Demi, eu sempre te amei, não tem um dia em que não penso em você. E tenho ódio quando vejo outro te tocando, te beijando, coisas que eu deveria estar fazendo, apenas eu.
___ Então...___ Ele colocou a mão na minha frente me calando.
___ Mas não posso.
___ O que?
__ E eu fiquei feliz sim de saber que você ainda é virgem, por isso sorri àquela hora, por que piraria se soubesse que você teve sua primeira vez com um qualquer, que não fosse eu...___ Respirou fundo se recompondo__ Ou uma pessoa em que confio.___ O olhava confusa, ainda algumas lágrimas rolavam por meu rosto. Aquilo tudo era demais, e só estava me deixando mais confusa.
___ Então você sabe como me sinto ao seu respeito.___ Falei e ele respirou fundo.___ Eu não consigo entender.
___Á dois anos atrás...___ Começou.___ Meus pais começaram a brigar muito, e eu ficava maluco querendo saber o por que...
___ Sim, eu me lembro, mas... O que tem haver com a gente?___ Perguntei.
___ Então meu pai foi embora de casa,___ continuou__ E em uma visita aqui em casa, vendo meu estado, ele resolveu contar o “porque” da separação.
___Por que nunca me contou? Você ficou sabendo?___ perguntei___ E por que eles se separaram?
___Por que meu pai tinha uma amante.___ Arregalei os olhos.
___Oh Meu Deus!___ Levei as mãos a boca.
___E a amante era sua mãe.
___O que?___ Levei um susto___ Não... Não.
___Eu fiquei chocado, com muita raiva, aquela época foi à época mais revoltante da minha vida.
___ Joe, você só pode estar errado, entendido errado.
___ Não.___ falou nervoso.___Eu não to errado.___ falou fechando os olhos e respirando.___ Lembrar disso me faz mal.
___ Ai meu Deus!___ Já estava chorando novamente. O olhei zangada.___ Foi por isso que começou a me tratar tão mal assim?
___ Bem... Não.___ O olhei confusa.___Nunca te trataria mal, só se fosse preciso.
___Como assim?
___ Demi, te ver chorar me partia o coração, ver seus olhinhos tristes era como se me matassem varias vezes das piores maneiras possíveis, ainda mais sendo causado por mim.
___ Então por que...
___ Por que era preciso.
___ Por quê?__ Me levantei. Por que ele me teria feito chorar varias vezes? Não conseguia entender. Ele respirou fundo fechando os olhos com força.
___ Quando meu pai falou que estava com sua mãe há quinze anos...
__ O que? Mas me mudei pra cá com doze anos.
___ Mas eles já tinham caso desde antes.___ Estava absorvendo muita coisa, minha cabeça já estava doendo, e meus olhos estavam vermelhos.___ E quando fiquei sabendo que eles estavam juntos há quinze anos, fiquei com uma pergunta martelando em minha cabeça, então perguntei pra ele se... Se... Se você poderia ser filha dele e ele disse que talvez, que nunca havia pensado nisso.___ Fiquei parada o olhando, sem conseguir nem respirar, estava perplexa, não podia ser real.
___ Não... Não... Eu tenho meu pai Joe... Eu o conheci antes de morrer.___ foi à única coisa que consegui dizer, minha voz nem queria sair.
___ Nós podemos ser irmãos... No inicio te tratei mal por raiva mesmo, mas depois foi por medo de você se aproximar novamente. Eu sempre soube que você gosta de mim, e eu também gosto de você, então foi melhor assim.___ Estava chorando feito uma louca.___ Minha mãe sempre falou que você não tinha culpa, que eu não devia fazer isso com você... E que eu mudei depois que você se foi.
___EU TENHO PAI, NÃO SOMOS IRMÃOS, PODEMOS FAZER EXAME DE DNA... ___ Estava louca, eu estava morta de raiva. ___ POR QUE NÃO ME CONTOU ANTES?___ Perguntei dando um soco em seu peitoral nu.___ Eu sofri tanto esses anos.
___ Eu pensei no exame, mas e se fomos irmãos?Eu prefiro ficar na duvida a ter certeza, eu não aguentaria viver sabendo que você é minha irmã.
___ Eu não sou sua irmã, eu sei, vamos fazer esse exame e vamos comprovar isso.
__ Demi...
___ Não acredito que escondeu isso de mim, se você tivesse me falado antes teríamos poupado tanto sofrimento. Joe você não sabe o quanto me julguei achando que eu era a culpada, não sabe o tanto que sofri...
___ Eu também sofri...
___ VOCÊ ESCOLHEU ASSIM, não foi culpa minha ok!... Eu tenho... Eu tenho tanto ódio de você, passei dois anos da minha vida.... Dois anos Joe... Sem saber o porquê de você me tratar tão mal. Era apenas ter me contado, faríamos o exame e estaria tudo bem.
___ E SE FORMOS IRMÃOS? VOCÊ NÃO ACHA QUE IRÍAMOS SOFRER MUITO MAIS?
             Respirei fundo sem resposta...  Escutei o barulho na porta, nós dois olhamos pra porta e Taylor entrou com as meninas, elas estavam apreensivas, olhavam pra Joe e depois pra mim.  Eu não parava de chorar.
___ Me entreguem minha chave.__ Joe falou e Taylor jogou pra ele. Eu andei até a porta, mas antes de sair olhei pra Joe com um olhar triste e ao mesmo tempo nervoso.
___ não sei se consigo te perdoar, não era você que estava debaixo de minha pele pra saber o que passei.___ E sai correndo escada abaixo no escuro.
Continua...




Espero que gostem e comentem muito ok...



Em breve: Mundos diferentes Colidem... Rá rá rá



4 comentários pro próximo ok?
BJOKAS
BEKA!!!!!!!!!!1

8 comentários:

  1. nossa hist hein? Jemi n podem ser irmaos! NAO NAO NAO posta logo quero ver se vai ter exame d DNA e o resultado é clro POOOOOSSSTAAAAA

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhh!!!!!!!!!!!
    Incrível, Maravilhoso, Perfect, sem palavras.....
    Td d bom, ameiiiiiiiii
    Lokissima pelo proximo please vou ter um ataque cardiaco!!!!!!!!!!!!!
    kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk não tenha um heart attak please... q bom q está gostando

      Excluir
  3. Posta logooooo!!!!
    Não podem ser irmãos por favor!!
    Adooogo sua hist...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia pra descobrir... estou feliz por estar gostando

      Excluir