1 de abril de 2013

Cap. 18 Finalmente Juntos



Pra deixar o capitulo mais emocionante vou pedir pra vocês colocarem uma musica para ouvirem enquanto lerem no momento certo. 
https://www.youtube.com/watch?v=3o--wbO-K6E


Cap. 18


Finalmente Juntos



Entrei em pânico, meu coração estava a mil por hora, não conseguia mais sentir minhas pernas. Me lembrei então de como estava desesperada na boate quando fiquei presa na janela, como gostaria que estivesse como naquela noite, meu medo agora não é nada comparado.

- Deixa que da Demi cuido eu. – Joe disse com um sorriso maléfico nos lábios.
- Mas Joe...
- Mas nada Camilla. Eu sei me virar quando se trata da Demi.
- Sei muito bem como você se vira com ela. Ok continua então com essa brincadeira, vamos ver onde isso vai dar... depois não diga que não avisei.
Ela saiu pisando fundo. Tudo naquele lugar estava acabando comigo.
- Fiquem tranquilos, vou tomar a decisão certa. – Joe disse aos amigos.
- Espero mesmo Joe. – Nick o olhava nos olhos em reprovação. Joe então se virou pra mim.
- Então... vamos brincar Demi? – Pela primeira vez eu realmente com toda minha força o queria longe de mim. Ele apenas me puxou pelo braço me levando para fora do apartamento, descendo apressadamente as escadas, como estava muito rápido tropeçava em minhas próprias pernas varias vezes só não caia porque ele me puxava, ficamos assim ate ele se aborrecer e me pegar no colo.
- Vocês humanos são tão patéticos.
Então chegamos ao estacionamento e com toda a força me jogou no banco de trás do carro. Este não era o Joe que conhecia. Apenas arrancou o carro e saiu em disparada sem dizer nada, suas curvas eram bruscas me fazendo bater nas portas dentro do carro, ate seguirmos uma estrada reta me fazendo adormecer...

David Henri Narrando

A esta altura estava em minha moto em alta velocidade, já havia escurecido e a lua estava alta. Tenho certeza que Demi mexeu em meu notebook e não está com a Sel, conheço a irmã que tenho, e clamo para que esteja com pensamentos errados sobre onde e com quem possa estar. Desci da moto em disparada e toquei a campainha.
- Já vai! – Ouço a voz que não ouvia a tanto tempo atrás da porta. Ao abri-la Sel fica em estado de choque. – Da...vid... ou meu Deus, não acredito é você mesmo. – Me da um forte abraço. – Quanto tempo, pensei que nunca mais fosse te ver.
- Sel... Demi não está aqui... não é mesmo?
Ela me olhou profundo meio confusa. – Não. Porque? Deveria?
Entrei em desespero, passando a mão pela cabeça diversas vezes, tentando achar uma solução.
- David o que aconteceu?, você está me assustando.
- Sel preciso que venha comigo agora.
- Oque? Pra onde?
- Rápido Selena! É   a vida de Demi que está em jogo. Seus pais estão?
- Não. Não vão dormir em casa hoje. Da pra você me explicar o que está acontecendo? Onde está a Demi?! – Sua voz estava em total pânico.
- No caminho te explico, fecha a casa e sobe na moto. – Ela afirmou com a cabeça e quando se virou para fazer o que mandei a puxei pelo braço.
- E se alguém ligar lembre-se você e Demi estão em casa, vai rápido! – Ela entrou desesperada e voltou rapidamente, subindo na moto.
- Sabe onde Joe mora?
- Sei sim.
- ótimo. – No caminho expliquei o que ela precisava saber, lógico que ficou apavorada, já era de se esperar.


Demi Narrando
Acordei devagar, meio zonza e com muito frio, demorou para me lembrar de tudo o que aconteceu, mas quando chegou a lucidez me levantei assustada, olhando ao redor, já havia escurecido, somente a lua era a luz do ambiente, estava em um terraço alto por isso ventava tanto. Me senti sozinha ate ouvir uns passos lentos atrás de mim, nem precisei me virar para saber quem era.
- Torne isso mais fácil e me mate de uma vez. – Disse por fim. Lógico que estava morrendo de medo, mas não suportava mais isso.
- Porque você fez isso? Eu pedi para que ficasse fora disso! – Me virei e o vi de costas olhando para a bela vista a nossa frente.
- Mas como? Nos envolvemos demais pra no fim não descobrir a verdade. Por isso não perca mais tempo e faça o que tem que fazer. – Sabia que iria morrer, de uma forma ou de outra, então que fosse logo. Ele então lentamente se virou para mim e me fitou.
-  Você acha mesmo que seria capaz de fazer isso com você? Se toca Demi, você também não é tão burra.
Me levantei o olhando com meu coração a mil, ele estava tão lindo, seus cabelos ao vento e a camisa aberta dando visão a outra que estava em baixo, seguia a leve brisa que passava por nós. Dei alguns passos pra frente mas não pude continuar, deveria me lembrar de quem ele era.
- Porque está fazendo tudo isso então?
- Não percebe? É a única maneira de te manter viva. Demi você é a única coisa pela qual não consigo viver... – Um silencio se estendeu, ao término desta frase. Fiquei imóvel, em estado de choque, não acreditei que pudesse ter entendido o que realmente foi dito. – Você me mostrou a alegria em coisas simples da vida, em um simples som de piano... no sorriso de uma criança....
Então não pude mais segurar cheguei mais perto, com receio mas precisava disso. Mas ele se afastou começando andar de um lado para o outro.
- Por  mais que eu seja um monstro Demi, não é isso que eu quero... Mas é meu destino, nasci assim, e tenho um caminho a percorrer.
- Como assim?
- Depois que eu morrer pra vocês humanos, eu viverei como múmiagipys em minha terra, junto de meu pai. Longe de tudo isso.
- Mas ... como isso é possível? – Estava tão confusa.
- Da mesma forma que tenho a facilidade de seduzir alguém, que Camilla é mais forte que qualquer homem, que Nick é o mais inteligente e Kevin por ler as pessoas.
- Ler pessoas?
- Ele percebe as sensações só com o olhar, com os passos de cada um, sabe o que está sentindo e sabe usar isso a seu favor.
- Isso tudo é tão......diferente.
- Legal sua definição pra tudo isso. Tentei ficar longe de você, mas não consegui, é mais forte que eu. Me desculpe por te envolver nisso tudo.
Cheguei por trás, ficando ao seu lado e me virando pra ele, mas continuava com os olhos fixos para frente.
- Você não é um monstro. Mas sim uma pessoa incrível que conquistou minha admiração. Gosto de você Joe, de estar com você. – Mas continuava a olhar para frente. Então me virei para a lua que estava a nossa frente segurando o corrimão.
- Está vendo aquele monte de árvores ali? – Ele apontou para o lado, e mesmo no escuro ainda consegui visualizar. – Estive aqui aos cinco anos, eu e meu pai construímos uma casa na árvore, foi... divertido – Riu como se estivesse se lembrando do momento. - Aos oito anos voltei e quase tive minha primeira namorada. – Rimos bastante.
- Você não acha que era muito novinho pra isso não em?
- Não pude evitar, ela se apaixonou por mim.
- Convencido. – Continuamos a rir, ate perceber que ele estava observando o céu.
- Foi a última vez que me senti normal nesta minha vida.
- Pare de falar assim, Joe olhe pra mim. – Nossos olhares se fixaram. – Você não é normal mas tem um coração imenso, você teve pena de mim e me tirou dessa roubada... serei sempre grata.
- Na verdade sou egoísta por estar pensando mais em mim do que em você.
- O importante é que estamos bem. – Segurei seu rosto e o fitei com mais intensidade.- ...Ainda tenho tantas perguntas.... – Me soltei dele. – Mas a primeira é, onde estamos?
Joe riu da pergunta que fiz, e isso me fez sentir melhor, o ver sorrindo de novo só agora percebi o quanto me faz feliz.
- Estamos quase na divisa de Goiás com Mato Grosso.
- Ou nossa! Meus pais e me irmão vão pirar. Sabe né ele falou pra me afastar de você. – Ate agora estava falando na esportiva, mas me lembrei de outras perguntas. – Joe me responda... O que David tem haver com isso? Como ele sabe sobre você? Onde se conheceram? Por que te detesta tanto?
- Demi qualquer pessoa que soubesse o que sou me detestaria.
- Eu não detesto você.
- Exceção.
- Você ainda não respondeu o que perguntei.
- Desculpe mas isso não posso te dizer.
- Porque não? Isso também diz respeito a mim, não pode me esconder nada.
- Só ele pode te responder. Pergunte, vamos ver se ele tem a mesma confiança que tenho em você?
- Porque ... Você disse que ele não é meu irmão?
- Isso seria impossível.
- O que seria impossível? Você responder ou ele ser meu irmão.
- Os dois. Demi não me faça mais perguntas, sabe que não posse te dizer tudo, principalmente sobre “ele”.
- É tão difícil entender. – Me sentei abaixando a cabeça entre as mãos. Ele se sentou ao meu lado me abraçando de lado e me dando um beijo no topo da cabeça.
- Não precisa viver isso. Sabe disso.
Levantei meus olhos ficando quase da mesma altura que ele, percebi que ficou um pouco perturbado com nossa proximidade, mas não o deixei se afastar, não desta vez.
- Se for pra ficar perto de você...
-.... O que quer dizer com isso?
- Joe não podemos mais esconder... você tentava me alertar e eu escapar, mas não consigo mais. – Ficamos em silencio por um tempo só nos olhando no fundo dos olhos. – Preciso de você... a coisa pela qual não consigo viver... – Rimos brevemente. Mas ele não dizia nada, só me observava. – O que foi? Não quer mais ficar comigo?

Coloque a música agora!!!
Nós escreveremos uma música
Que apagará todas as luzes,
Quando, tanto garoto e garota
Começarem a se sacudir por dentro,
Não desperdice seu tempo
Acelere sua respiração
Apenas feche seus olhos
Nós vamos esperar que não seja nada em vão.

- Só não consigo entender como necessito tanto de você... – Ficamos em pé de frente um pro outro. Nossas respirações ficaram pesadas, meu coração estava a mil, não pude fazer nada só por extinto fechar os olhos e o senti a milímetros de distancia de mim, então... sinto um leve toque em meus lábios, tão doce e delicado que me fez explodir faíscas dentro do peito.

Beijo suave e vinho
Que bons amigos meus
Nós finalmente estamos entrelaçados
Nervosos e tímidos pelo momento que irá ganhar vida esta noite
Namorada secreta

Nossos lábios encostados mas sem movimentos, acredito que estava com medo de ter me assustado, mas ele é que não sabe o quanto esperava por isso, então comecei a  aprofundar nosso beijo. Senti paixão em seu toque, seus lábios quentes que só me davam satisfação, necessidade por mais .....

Nós escreveremos uma música
Que apagará todas as luzes,
Quando, tanto garoto e garota
Começarem a se sacudir por dentro,
Não desperdice seu tempo
Acelere sua respiração
Apenas feche seus olhos
Nós vamos esperar que não seja nada em vão.

 Pela primeira vez estava beijando Joe Jonas o homem que ganhou meu coração. Me fazia caricias e me deixei perder em seu toque, já não poderia responder por mim. Senti um fogo subir por todo meu corpo e não podíamos mais continuar assim, nossos toques passaram a ser mais intensos, tirei sua camiseta que estava aberta, e ele deslizava suas mãos em minhas pernas nuas já que estava com um short. Acabei me deitando por cima dele, totalmente ofegantes sentindo que precisávamos um do outro.

Deite-se e continue não se preocupe com o que eles vão falar
Eu estarei te amando ate.....
                                       O primeiro raio de luz aparecer amanha                
Eu cuidarei de você esta noite
Namorada secreta

Começamos a sorrir maliciosamente já imaginando no que aquilo poderia dar, mas não queria pensar, só me entregar ....

Nós escreveremos uma música
Que apagará todas as luzes,
Quando, tanto garoto e garota
Começarem a se sacudir por dentro,
Não desperdice seu tempo
Acelere sua respiração
Apenas feche seus olhos
Nós vamos esperar que não seja nada em vão.

-Demi calma.... Tem certeza do que está fazendo?
- Não. Mas preciso de você.

Quando a culpa enche a sua cabeça
Varra para fora a elevação da morte
Este é o momento que nós vamos ganhar a vida
Se abra para o amor,
Doce amor, Amor secreto,

Por falta de ar nos separamos, eu ainda estava em cima dele, ele apenas pegou uma mecha do meu cabelo e colocou atrás da minha orelha, fez um carinho em meu rosto, deu o mais belo de todos os sorrisos e me beijou com mais intensidade me levando para debaixo de seu peitoral.

Nós escreveremos uma música
Que apagará todas as luzes,
Quando, tanto garoto e garota
Começarem a se sacudir por dentro,
Não desperdice seu tempo
Acelere sua respiração
Apenas feche seus olhos
Nós vamos esperar que não seja nada em vão.

- Meu irmão vai me matar... – Ri ao imaginar a cara de David.
- Fique tranquila, tenho uma gangue dentro de casa. – Enquanto ele ria observei suas feições logo acima de mim, realmente estava apaixonada.
- Mas nada vai me fazer afastar de você. Nada.... Você agora é meu Joseph Jonas. – Demos um selinho demorado. – Já está tarde.
- Como assim? Você faz a fogueira e de uma hora pra outra quer apagar o fogo?
- Lembre-se que pra mim só depois do casamento.
- Vamos ver ate quando vai ficar com essa teoria.
- Joe! Tô falando sério. – Nos silenciamos, o único som que ouvia era de seu coração. - E agora?
- Não se preocupe, ficaremos bem por aqui.
- O que? – Não acredito que iriamos passar a noite ali.
- Sim. Isso mesmo, tem quartos lá dentro mas não acho uma má ideia trazer um colchão pra cá e acordarmos ao por do sol.
- Uhm.... Como é romântico. – Me abraçou por trás, me aquecendo, já que o “fogo” diminuiu. – Mas quase passamos da conta.
- Obrigado Demi. Por me dar sentido a vida. – Apenas fechei os olhos e aproveitei aquele momento. Nada podia estar melhor nós dois nos acertamos depois de tantas intrigas e confusões.



CONTINUA..............




Mais um capitulo postado!!! Como sempre espero q gostem. Não se esqueçam de comentar!!!
Bjinss.
Não sei quando vou postar o próximo mas vou fazer de tudo pra não demorar....



6 comentários:

  1. aTE Q ENFIM!!!
    Demi e Joe nasceram pra ficar juntos rsrsr
    lindo, perfect...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb acho rsrsrs
      Bigadin por ser uma fã de carteirinha rsrsrs

      Excluir
  2. ameiiiiiiiiiii o capitulo , mas foi coisa da minha cabeça ou vc pulou o capitulo 17 ???
    bom , amei mesmo

    posta logooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não amor... quando postei o 16 postei junto o 17
      Dá uma olhada lá!!!
      Obrigada por estar acompanhando # :) #

      Excluir
  3. Aaah PERFEITOOO! Amei o capitulo!
    Descupa por não está comentando éh que to muito ocupada ultimamente devido ao colegio,
    mais estou amando sua fic! :) Beijoooos
    Posta Logooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem cm é isso
      Mas obrigada por estar firme e forte aki rssr
      :D

      Excluir