20 de outubro de 2014

Capítulo 2

Olá galera, peço desculpas por demorar tanto para postar, espero que o capítulo esteja bom o suficiente para compensar.
Obrigada pelos comentários.
Lola
 
 

Demi abriu os olhos lentamente, sentindo uma leve dor de cabeça, olhou em direção a janela e viu que ainda estava escuro, agradeceu mentalmente e fechou os olhos para dormir novamente.
Depois Demi acordou, se espreguiçou e percebeu que estava sozinha na cama, olhou ao redor e não viu sinal do Joe. Olhou para janela e viu que ainda estava um pouco escuro, que o sol iria nascer a qualquer momento. Se levantou e foi tomar um banho.
Ao sair do banheiro se vestiu com uma roupa mais quente, já que naquele horário estava frio. Vestiu um casaco e foi para a sala, não viu ninguém, talvez todos tivessem combinado algo cedo e ela não se lembrava, foi para a cozinha que estava vazia também, voltou para a sala e viu que a porta estava aberta.
Ao chegar na porta viu Joe tirando foto de uma flor, se encostou no portal e cruzou os braços o observando e percebeu que ele não tirava a foto somente da flor, mas de uma joaninha que estava nela.
Sorriu se lembrando do quanto Joe amava tirar fotos, principalmente de coisas que as pessoas nem paravam para observar. Olhou para o céu e viu o sol nascendo, dando uma visão incrível. Demi suspirou ao perceber que não parava para apreciar algo que a natureza proporciona todos os dias, coisas simples. Afinal Deus deu tantas coisas incríveis, mas que as pessoas não dão valor, por falta de tempo ou falta de atenção.
Fechou os olhos suspirando, então percebeu um flash e abriu os olhos encontrando Joe sorrindo olhando pra ela com a câmera apontada em sua direção.
_ Bom dia! _ Ele falou e ela o examinou percebendo que seu sorriso não era debochado.
_ Bom dia! _ Falou demonstrando desanimo.
_ Veio me ver tirar fotos? _ Perguntou voltando para as flores. Demi não respondeu, mas se lembrou de que amava observá-lo enquanto tirava fotos. Ele ficava mais concentrado, mais sério, de uma forma que lhe agradava. O observando percebeu que ele usava a jaqueta de couro que ela lhe dera de presente de aniversário de um ano de namoro, ele amava o presente, mas achou que depois que eles não estavam mais juntos ele não usasse mais as coisas que ela dera a ele.
#
_ Eu cuido das louças, mas só se minha comandante ficar para mandar no devo fazer ou não _ Joe falou já sabendo que as louças do café da manhã seria dele.
_ Eu te faço companhia querido, mas só se você comer só mais esse pedaço de pudim _ Demi falou levando um pedaço até sua boca, já que fez isso a manhã toda como ele no dia anterior.
_ Isso tudo é vontade de engordar um ao outro? _ Denise perguntou.
_ Queremos ficar mais gostosos mãe _ Joe falou engolindo com dificuldade fazendo Demi morder o lábio inferior.
_ Então vamos deixar o casal trabalhar _ Kevin falou se levantando.
_ Vamos pra piscina _ Alena falou se levantando animada e saiu correndo fazendo todos rirem.
_ Eu coloco na pia pra você lavar querido _ Demi falou se levantando e tirando as coisas da mesa.
_ Obrigado querida _ Joe falou desanimado _ Acho que vou explodir _ Falou colocando as mãos na barriga fazendo Demi rir _ Isso ri, pois quem ri por último ri melhor.
_ Por isso estou rindo, ontem foi você, hoje fui eu. Acho melhor pararmos por aqui.
_ Querida, querida.
_ Rápido Joe, quero ir para a piscina.
_ Mostrar o corpo?
_ Você olha porque quer _ Demi falou e Joe estreitou os olhos.
#
_ Vamos ver filme? _ Nick chamou a todos, já que estavam na piscina e ao redor. Depois do almoço todos se encaminharam para lá novamente.
_ Não obrigado! _ Joe falou, estava deitado próximo a piscina, na sombra, os outros nem se deu ao trabalho de responder.
_ Então só eu farei companhia a Alena? _ Nick perguntou cabisbaixo, Alena sorria para ele, contente por ter a companhia do Tio para ver seu filme favorito da Barbie _ Eba! _ Falou cansado _ Vamos princesa? _ Nick a chamou.
_ Vamos titio! _ Alena falou contente e saiu correndo para a sala. Demi sorriu ao ver que Nick não estava nada animado em ver o filme, mas fazia de tudo para ver aquela garotinha sorrindo, então se levantou e foi até a sala ao encontro deles.
#
_ Obrigado por me fazer companhia _ Nick comentou baixo, enquanto Alena colocava o filme no DVD.
_ Titia, eu amo esse filme! _ Alena falou se sentando ao lado de Demi _ Eu sou a princesa.
_ E você é uma princesa mesmo _ Demi falou fazendo cócegas na garota a fazendo rir, e Nick também entrou na brincadeira.
_ Para! Para! _ Alena implorou _ Agora vamos ver o filme _ Nick e Demi pararam sabendo que Alena não perdoaria se perdesse um segundo do filme, mesmo que Demi e Nick já tenham assistido muitas vezes com a pequena.
Depois de alguns minutos de filme, Nick começou a cochilar, não gostava de filme infantil, mas gostava de ver as crianças contentes e para isso se sacrificava vendo filmes chatos para ele. Demi já sabia as falas, mas não as repetiam em voz alta para não atrapalhar Alena que estava em pé dançando no meio da sala como a princesa do filme, depois que ela começava a dançar só sentava no chão para esperar a próxima dança.
_ Acorda Nick _ Demi sussurrou em seu ouvido o assustando.
_ Que foi? _ Nick perguntou assustado.
_ Eu dancei igual a princesa _ Alena falou como se ele tivesse perguntado para ela.
_ Sério gatinha? _ Ele perguntou.
_ O Senhor não viu? _ Ela perguntou chateada.
_ É claro que eu vi, você rodou na ponta do pé igual ela _ Ele falou torcendo para que tivesse uma cena assim.
_ Eu fiz igualzim, não fiz? _ Alena perguntou sorridente.
_ Igualzinho _ Nick falou piscando pra ela que voltou a ver o filme toda contente. Ele suspirou e Demi começou a rir _ Ta rindo de que?
_ Nada! _ Segurou o riso, ele levantou a sobrancelha esperando ela dizer _ Ta bom. Eu te acordei _ Falou rindo. Nick fez careta, então fez uma cara de sedutor se aproximando.
_ Você é má sabia. Queria ter te conhecido primeiro que o Joe! _ Sussurrou e Demi se afastou.
_ Pensei que gostasse da Selena _ Falou baixo para não atrapalhar Alena assistir seu filme. Nick sorriu abaixando a cabeça.
_ Mas isso não impede que a gente tivesse algo antes de vocês se conhecerem.
_ Antes de conhecer o Joe? Porque acha que teríamos algo se eu te conhecesse primeiro?
_ Porque não sei o que você viu naquele pateta quando se conheceram _ Ele fez careta _ Depois disso não tem olhos mais para ninguém.
_ Nem eu _ Confessou _ Mas você iria passar de um ano se fosse eu? _ Ele riu alto, mas quando Alena os olhou ele apontou para a TV.
_ Eu gosto muito desse cara, dança muito _ Nick falou e Alena afirmou com a cabeça olhando para a TV novamente. Demi riu discretamente _ Talvez _ Falou e Demi fez cara de indignada.
_ Então você nunca vai namorar uma garota mais que um ano? _ Perguntou e Nick colocou a mão na nuca abaixando a cabeça ficando sem jeito.
_ Não sei, quem sabe?
_ Talvez você _ Demi falou e ele levantou a cabeça para encará-la.
_ Talvez, afinal nunca me dediquei tanto para conquistar alguém.
_ Por acaso Selena não foi tão rápido como às outras? _ Demi perguntou e Nick negou com a cabeça.
_ Precisei suar a camisa _ Falou e riu _ Ou melhor, sujar de café _ Riu novamente e Demi olhou sem entender _ Piada interna.
_ Tenho todo o filme para te ouvir.
_ Pensei que quisesse ver esse filme maravilhoso.
_ Conta agora _ Demi o encarou determinada e ele suspirou.
_ Você sabe que eu moro sozinho, então eu prefiro tomar café da manhã fora de casa. E... Aproveito para conhecer mulheres novas.
_ Hum.
_ É isso aí. Então em um dia qualquer, tomando café da manhã antes de ir para o serviço, havia uma mesa com três mulheres belíssimas conversando e... _ Nick colocou a mão no pescoço novamente.
_ Pode falar _ Demi o incentivou.
_ Combinei comigo mesmo que pegaria o telefone da primeira que levantasse da mesa.
_ A primeira? _ Nick afirmou com a cabeça _ E a primeira foi a Selena           ?
_ Então... A primeira que levantou era uma gata e... E era o que eu tinha combinado. Me levantei e saí com o meu café na mão, quando ela ia atravessar a rua, a única ideia que tive pra puxar assunto com ela foi esbarrar nela e sujar minha camisa com café.
_ Sério? E o que ela fez?
_ Ela se assustou e me pediu milhões de desculpas. Falei que não tinha problema, e quando ia pedir seu telefone ela me propôs que comprássemos uma nova camisa, porque ela se sentia muito culpada pelo estrago que ela fez na minha camisa, lógico que não falei que era plano meu _ Nick deu uma risadinha e Demi sorriu das técnicas que o Nick costumava usar para suas conquistas.
_ E o que você fez?
_ Fui com ela até uma loja masculina uns dois quarteirões de onde estávamos. Para aproveitar a companhia e conhecê-la melhor experimentei várias camisas, mas ela disse que tinha gostado muito de uma camisa rosa então decidi ficar, e como ela se sentia culpada disse que pagaria, mas banquei o cavalheiro e claro que paguei a camisa e quando finalmente ia pedir seu telefone ela disse que tinha uma coisa importante e que estava atrasada. Saiu sem me passar seu número.
_ Então como se reencontraram? _ Demi perguntou curiosa.
_ Eu nunca fui de correr atrás de ninguém. Se eu consegui bom, se não, deixa pra lá.
_ Então?
_ Ela não saia da minha cabeça, não conseguia pensar em conhecer outras mulheres, já que ficava esperando ela aparecer.
_ Aí em um belo dia ela apareceu _ Demi falou finalizando a história.
_ Não. O pior que não, mas um dia de reunião muito importante na empresa, eu queria muito usar uma camisa branca, mas manchei a única que tinha com o café para conhecer a Sel _ Ele respirou fundo _ Mas quando fui à mesma loja em que comprei a camisa social com a Sel encontrei ela sentada folheando uma revista, fiquei muito contente em encontrá-la, meu coração bateu a mil. Quando fui falar com ela um cara apareceu vestindo uma roupa social, ela começou a falar com ele e avaliar sua roupa.
_ Como ela fez com você? _ Demi perguntou e eles se assustaram quando Alena se levantou para dançar, mas perceberam que a pequena não percebeu que eles estavam conversando, então Nick respirou fundo novamente para continuar a história.
_ Foi exatamente o pensamento que me veio em mente. Tipo eu faço todo aquele plano para conversar com ela e de repente ela está conversando com outro cara do mesmo modo que foi comigo. Eu fiz todo o plano ou ela fez e me fez acreditar que a ideia havia partido de mim? _ Nick falava e Demi escutava com atenção _ Decidi tirar satisfação, mas quando me aproximei um garotinho apareceu para conversar com eles. Foi pior ainda quando vi a aliança na mão do cara, e foi aí que percebi que ele era casado, mas quando conheci a Selena nem observei sua mão para ver se tinha alguém.
_ Ela deixou o marido pra ficar com você? _ Demi perguntou, mas de repente arregalou os olhos _ Ela está traindo o marido com você? _ Nick riu e Alena que estava sentada concentrada no filme se virou para olhá-los, que rapidamente se ajeitaram como se estivessem concentrados no filme, fazendo a garota olhar para a TV novamente. Eles sorriram e Nick se aproximou novamente.
_ Pensei em fingir que não conhecia e passar despercebido, mas ela me reconheceu e me cumprimentou, sorri amarelo, mas fui até ela e a cumprimentei, então ela me apresentou ao seu cunhado e sobrinho, nunca fiquei com cara de trouxa como naquele momento.
_ Mas você tem cara de trouxa _ Demi falou divertida.
_ Rá, rá! Então já pode imaginar que pior ainda. Mas o mais tenso foi que ele me convidou para comemorar o aniversário da esposa que seria no final de semana. Aceitei, mas até lá convidei Selena para almoçar todos os dias.
_ Então ela foi difícil? Não conseguiu o que queria nos primeiros dias? _ Demi perguntou.
_ Na verdade sim _ Nick respondeu e Demi levantou uma sobrancelha _ Porque pela primeira vez eu queria a presença de uma garota comigo, de conversar com ela e poder olhar ela sorrir quando eu falava coisas bobas.
_ Você se apaixonou? _ Demi perguntou sorridente e Joe apareceu na sala.
_ O que estão fazendo? _ Joe perguntou fazendo Demi e Nick se afastarem.
_ Assistindo o filme da Barbie comigo tio Joe _ Alena falou _ Senta aqui _ Ela bateu a mão ao seu lado no chão.
_ Acho melhor sentar no meio desses dois _ Joe falou se aproximando de Demi e Nick.
_ Senta lá irmão, vai deixar a Alena sozinha? _ Nick perguntou.
_ Senta aqui tio _ Alena falou e voltou a olhar para a TV.
_ Vai lá querido _ Demi falou e mordeu o lábio inferior para segurar o riso. Joe se sentou e Nick se ajeitou no sofá para assistir o filme também.
_ O que você me responde? _ Demi pergunta no ouvido de Nick para não atrapalhar Alena, mas olha para Joe de uma forma provocativa já que ele está olhando para trás.
_ Seu marido está olhando _ Nick sussurra.
_ E daí! _ Demi fala provocativa _ Quero saber a resposta _ Nick se afasta e olha em seus olhos vendo a curiosidade em seu olhar _ Quem cala consente _ Demi sussurra sorrindo _ Da até pra fazer um livro sobre sua história garanhão. O homem que não se apaixona é pego desprevenido.
_ Pois é! _ Nick fala e sorri _ Acho que sim, e o mais engraçado é que Selena diz que nossa história poderia se tornar um livro, já que ela trabalha com isso.
_ Ela é escritora?
_ Não, ela trabalha em uma editora e é uma das responsáveis por escolher livros para a editora publicar. Se você quiser poderia conversar com ela para trabalhar com ela, já que você também gosta de livros.
_ Vou pensar.
#
_ Posso saber o que tanto conversava com Nick? _ Joe perguntou quando Demi saiu do banheiro de seu quarto ajeitando o biquíni, a assustando.
_ Porque quer saber?
_ Sei lá! Talvez você estivesse falando coisas que não deve falar.
_ Se não estivéssemos separados, diria que você está com ciúmes _ Demi falou colocando um roupão.
_ Não me faça rir Demi. Ciúmes? Já não tenho isso faz tempo _ Ele falou e ela o encarou.
_ Então quer dizer que já sentiu?
_ Fala sério, você fala como se nosso casamento fosse algo de mentira _ Ela levantou a sobrancelha _ Ta. Agora é, mas antes era real, tudo.
_ Eu sei _ Falou suspirando.
_ Não vai me falar?
_ Não foi nada demais _ Ela falou e abriu um sorriso malicioso.
_ Sei!
_ Que bom que sabe _ Falou se virando para sair do quarto.
_ Vai pra piscina de novo? Daqui a pouco vai escurecer e esfriar também.
_ Eu sei. Mas antes que fique com ciúmes _ Ele levantou a sobrancelha a fazendo sorrir _ Combinei de ir para a sauna com a Selena e a Dani, já estão em esperando.
_ Vai relembrar _ Joe falou fazendo Demi arregalar os olhos, mas voltando a se recompor rapidamente.
_ Fui! _ Saiu.
#
_ Você acha mesmo? _ Dani perguntou.
_ Porque vocês falam assim? Eu acho que Nick é um cara pra casar _ Selena falou.
_ Não é que ele não seja, mas ele tem pânico de compromisso longo _ Demi falou.
_ É verdade, ele sempre está namorando, mas te garanto que ele nunca namorou uma garota por mais de um ano _ Dani comenta.
_ Vocês falando assim assusta sabia _ Selena fala preocupada _ Vocês falam isso para todas as namoradas dele? Talvez seja isso que as afastam.
_ Desculpa Sel, não queremos te assustar, não mesmo, e não falamos sobre isso com namorada nenhuma dele. Estamos falando pra você porque parece que você o caso é diferente _ Dani fala.
_ Também acho, tenho certeza que você é especial, ele realmente está apaixonado por você _ Demi fala com convicção.
_ Concordo com a Demi _ Joe aparece enrolado na toalha e se senta ao lado de Demi.
_ Acho que você não percebeu, mas agora são só as mulheres _ Demi fala e Joe se encosta na parede.
_ Estamos todos de toalhas e o assunto de vocês é divertido, acho que posso ficar, ou tem problema pra vocês? _ Ele pergunta para Selena e Dani.
_ Por mim tudo ok, ainda mais porque estou saindo _ Dani falou se levantando.
_ Por quê? _ Demi pergunta.
_ Estamos aqui bem antes de você né Demi, tenho que sair agora.
_ Vou com você _ Selena fala se levantando para sair com Dani.
_ Obrigada, espantou todas elas _ Demi fala irritada.
_ Talvez elas queiram nos deixar a sós para aproveitarmos o lugar _ Joe fala divertido.
_ Vai sonhando.
_ Caso não se lembre, nossa primeira vez foi aqui _ Joe falou.
_ Caso não se lembre, não tinha ninguém em casa, e mesmo assim isso não vai acontecer de novo.
_ Só porque nosso casamento acabou não significa que não podemos ter sexo casual sabia?
_ Eu mereço _ Demi falou encostando a cabeça na parede fechando os olhos.
_ Nem se eu estiver com febre?
_ Você está doente de novo? _ Demi falou preocupada, desencostando a cabeça da parede e o encarando. Ela se aproximou e tocou sua testa, estava quente, mas ela sabia que era devido o ambiente da sauna. O encarou enquanto ele respirava fundo de olhos fechados.
_ Você sempre foi meu remédio _ Joe comentou de olhos fechados, suspirou fundo e Demi tirou a mão de sua testa. Mesmo ela tentando afastar as lembranças, ela não conseguia esquecer a primeira vez dela com Joe.
Eles estavam namorando na época, ela e seus pais foram passar um final de semana com a família dele, toda família sairiam para jantar fora, mas Joe adoeceu, pegou uma gripe e estava queimando de febre, ninguém sairia mais, mas Joe não queria atrapalhar ninguém e convenceu a todos de irem, menos Demi que não queria o deixar doente e sozinho em casa. Joe teve a ideia de suar para ver se sua febre baixava. Sua febre não só abaixou como acabou.
Demi percebeu que havia fechado os olhos com a lembrança quando Joe beijou seus lábios a assustando, demorou um pouco até conseguir reagir, se afastou dele sem acreditar no que ele fizera.
_ Porque está fazendo isso? _ Demi perguntou se levantando.
_ Ainda somos casados Demétria _ Se levantou também.
_ Agora você se lembra de que tem uma esposa?
_ Você foi embora não eu.
_ Você encontrou outras. Não eu _ Demi falou e saiu.
#
_ Depois da sauna você está me tratando estranho _ Joe falou saindo do banheiro, enrolado na toalha exibindo o peitoral nu. Demi não desviou o olhar do espelho onde analisava seu cabelo _ Então é assim. Não vai falar mais comigo.
_ Hoje tínhamos que arrumar algum problema para discutirmos amanhã _ Demi falou.
_ Mas não tínhamos problema, só você que agiu como se eu tivesse feito algo errado.
_ Depois a gente discute o que você fez para me deixar assim.
_ Claro! O errado sempre sou eu. Mas posso saber por que não me disse que ficaria fechando a cara e saindo de perto de mim a noite toda, assim entraria no seu teatrinho.
_ Eu nem deveria estar aqui _ Demi se levantou e o encarou.
_ Já discutimos isso.
_ Mas é bom que nos ouçam discutindo, não quero mais fingir, estou cansada de mentir para eles _ Demi apontou para a porta _ A pior coisa que fiz foi vir pra cá fingindo estar casada com você.
_ Mas ainda está casada comigo.
_ Mas não somos mais um casal, não nos amamos mais e você já tem suas mulheres _ Falou irritada.
_ O que? Do que está falando?
_ Eu vi a mensagem que recebeu ontem.
_ Mensagem? _ Joe pegou o celular e leu a mensagem que recebeu de Ashley _ É por isso que está agindo assim? Bem que eu vi que você mudou totalmente no jantar de ontem. Somos sócios e saímos para jantar de vez em quando.
_ Hum! Interessante, mas é muita intimidade não acha?
_ Somos amigos. Na verdade depois que você me deixou, só ela não me abandonou, uma amiga de verdade.
_ Não vem com essa Joe. Você já me traia com ela, foi por isso que Saí de casa _ Joe paralisou _ Sempre chegava depois do jantar, já passou a noite no serviço “trabalhando” com ela. Saía de casa porque não estava aguentando minha companhia.
_ Estávamos criando a empresa, os negócios estavam no começo, precisávamos no dedicar ao máximo _ Joe gritou assustando Demi _ Sabe que amo fotografia, e queria que desse certo. Esse estúdio foi a melhor coisa que me aconteceu. E você achar que eu estava te traindo enquanto estava trabalhando? _ Joe colocou as mãos na cabeça indignado e Demi respirou fundo _ Precisava sair de casa às vezes, não porque não queria sua companhia, mas porque não estava conseguindo trabalhar em casa.
_ Você não estava dando mais atenção pra mim.
_ Nós dois estávamos nos afastando, eu com a empresa nova e você com seu ódio pela empresa em que trabalhava, estávamos começando a discutir bastante, não dar mais atenção um ao outro, nos vendo menos devido o meu trabalho, mas era só o começo da empresa, hoje meu tempo está normal, mas você não podia esperar, e pior, achar que eu te traia... E com a Ashley, isso passou dos limites.
_ Não venha me dizer que nunca teve nada com ela.
_ Quer saber a verdade? _ Joe perguntou nervoso e Demi com raiva também só assentiu com a cabeça _ Sempre te amei, nunca tive olhos para mulher nenhuma, porque você sabe o quanto é gostosa e linda. Mas depois que foi embora, fui para os bares, mas nunca consegui ficar com nenhuma outra mulher, porque queria você. Mas uma coisa me intrigava, Ashley nunca deu em cima de mim, nem demonstrou interesse em mim, nunca, nem depois que você se foi _ Demi o encarou desconfiada _ Queria saber o que havia de errado comigo, para você ir embora e ela não querer nada comigo, então em um belo dia a beijei _ Demi abaixou a cabeça _ Mas não estávamos mais juntos Demi.
_ A vida é sua.
_ Eu nunca te traí, com ninguém.
_ Eu acredito que não tenha me traído com ninguém além da Ashley _ Joe suspirou.
_ Depois do beijo nos tornamos muito íntimos, bem amigos, contávamos tudo um para o outro, parei de frequentar bares e saímos todos os sábados para o mesmo restaurante.
_ E diz que isso é só amizade?
_ Ela é comprometida, desde que abrimos a empresa.
_ Ela nunca falou nada pra mim.
_ Ela só me falou depois que a beijei. Ela namora uma mulher, ela não gosta de homem e briga comigo todos os dias por ter deixado você partir, e por não ir atrás de você _ Joe falou encarando Demi que não conseguia acreditar no que ouvira.
_ Só pode estar brincando _ Falou olhando profundamente nos olhos de Joe tentando ver qualquer vestígio de mentira, mas não conseguiu ver nada. Pela cara que Joe fazia estava sendo muito sincero.
_ Se não acredita, posso ligar pra ela, posso te apresentar para as duas, saímos os três juntos sempre.
_ Porque não me disse isso antes?
_ Porque ela só falou quando a beijei. Já estávamos separados e eu não sabia que você achava que eu te traia. Ela é louca em você, sempre diz que nunca conheceu uma mulher tão linda e especial. Ela não consegue acreditar que eu nunca tive coragem de ir atrás de você, que nunca tentei buscar uma reconciliação. Ela que deu a ideia de mentirmos esse final de semana para que eu tentasse a reconciliação, mas não estou conseguindo isso direito. Acho que meu orgulho quer falar mais alto que meu amor por você.
_ Você ainda me ama? _ Demi o olhousurpresa.
_ Nunca deixei de te amar, mas não queria ir atrás de você já que foi embora por motivos tão banais. Claro que estávamos brigando muito, esquecendo um pouco um do outro, sem paciência, mas com o tempo conseguiríamos nos resolver, pelo menos foi o que achei.
_ Que droga! Porque não tivemos essa conversa naquela época?
_ Porque quando cheguei em casa, você não estava lá, nem suas coisas.
_ Acho que nosso orgulho é maior que o amor que sentimos um pelo outro _ Demi falou chateada.
_ Só pode estar brincando. Acabamos de descobrir nossos erros e podemos recomeçar do zero, mas sabendo que não cometeremos os mesmos erros.
_ Quem disse?
_ Eu digo. A empresa já está estável, você não está mais naquela empresa e o maior motivo da nossa separação gosta mais de você que de mim. E eu quero tentar, porque não?
_ Já sofremos muito, brigamos muito, criamos uma vida nova, uma vida separados _ Enquanto Demi falava Joe se aproximava, ele parou bem próximo a ela _ Agora está tudo diferente, meus pais já sabem que não estamos mais juntos, mentimos para sua família e amanhã contaremos tudo a eles, eles não vão nos perdoar... _ Joe a beijou fazendo-a calar, não importava mais o passado, a separação, a mentira, ele a amava e naquele instante a desejava mais que tudo.
_ Acho melhor não _ Demi falou ao separar o beijo para respirar, mas olhando para aqueles lábios não conseguiu conter seus desejos _ Só essa vez _ Falou o beijando. Joe a deitou na cama com cuidado sem separar o beijo.


6 comentários:

  1. Ameeeei ! Pode postar mais posta logo por favor !

    ResponderExcluir
  2. Ai que gracinhaaa Perfect posta logo, não demora please, ta muito bom

    ResponderExcluir
  3. Muitas revelações, amei o cap posta logo por favor!!!

    ResponderExcluir
  4. leitora nova o/
    sos que fic perfeitaaaaaa,ja estou viciada kk
    posta logo pls

    ResponderExcluir
  5. Q ddemora... posta logoo

    ResponderExcluir